Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

07/06/2009 19:53

Preso morto na Máxima faria 4 anos de casamento dia 20

João Humberto, Campo Grande News

Abalada com o assassinato do marido Charles Siqueira, morto hoje no presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, a adolescente de 17 anos disse ao Campo Grande News que ele é inocente. Segundo ela, os dois têm uma filha de quatro meses e no próximo dia 20 o casal faria quatro anos de casamento.

A adolescente chegou ao presídio por volta das 16h30 e ainda não sabe se o marido foi morto enforcado, como informou a advogada dele, Ana Lúcia Duarte Pinasso. De acordo com a jovem, os dois moravam em uma chácara perto do distrito de Anhanduí.

No dia 13 de abril, Charles foi preso na avenida Júlio de Castilhos, em Campo Grande. Com ele, foram encontrados R$ 3 mil em dinheiro e vários documentos, inclusive um contrato comercial.

Ele também estava sendo investigado pela morte do policial civil aposentado do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros), Sérgio Marcos Gomez, de 43 anos. O crime ocorreu no dia 24 de janeiro, na avenida Manoel da Costa Lima, próximo ao cruzamento com a rua Dona Carlota, em Campo Grande.

A mulher de Charles alega que ele é inocente e diz que o marido jamais se envolveu com a criminalidade. “Quando ele foi preso, ficamos com muito medo de que fosse transferido para a Máxima, mas a transferência aconteceu à surdina”.

Charles ficou “conhecido” por trocar tiros com a polícia em duas ocasiões: primeiro em uma perseguição no dia 15 de fevereiro, em Anhanduí, e no dia 9 de abril, na saída para Sidrolândia.

“Estão dizendo que ele trocou tiros com a polícia e isso é mentira. Meu marido foi perseguido por gente que atirou no veículo dele, temos prova disso. No dia da troca de tiros a minha filha estava dentro do carro”, comunicou a adolescente de 17 anos.

Pesa contra Charles ainda a suspeita de sua participação no sequestro de um funcionário de banco em Nova Alvorada do Sul, no dia 12 de fevereiro, quando os assaltantes também trocaram tiros com a polícia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)