Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/03/2007 18:45

Presidente do TSE defende fim da reeleição

Wellton Máximo /ABr

Brasília - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, defendeu hoje (1º) o fim da reeleição para os cargos de presidente da República, governadores e prefeitos. Para o ministro, esse mecanismo provocou distorções nas disputas eleitorais. “Acho que a reeleição se mostrou, nos diversos patamares da vida nacional, algo que não é positivo”, ressaltou Marco Aurélio. Segundo ele, como os candidatos que tentam se reeleger não são obrigados a renunciar, existe uma indefinição entre as atividades ligadas ao cargo e a agenda de campanha. “Essa confusão resulta num desequilíbrio na disputa e é péssima em termos democráticos”, completou.

Marco Aurélio também criticou a obrigatoriedade do voto nas eleições. “Não concebo o direito de votar como algo que deva ser imposto à população sob pena de multa para quem deixar de comparecer às urnas”, afirmou o presidente do TSE. “Todo e qualquer direito deve ser exercido de forma espontânea.”

O ministro fez as declarações após receber a proposta de reforma política elaborada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Os pontos abordados por Marco Aurélio, no entanto, não constam do documento entregue ao TSE. Para Marco Aurélio, o gesto da OAB vem em um momento oportuno, em que o Congresso Nacional se mostra disposto a discutir a reforma política. “Torço para que haja vontade política para que os parlamentares tenham sensibilidade suficiente de ver que a sociedade reclama providências e a correção de rumos”, comentou.

O presidente do TSE afirmou que a iniciativa da OAB é importante para estimular o debate aprofundado sobre a reforma política. Ele pediu ainda urgência nas discussões. “Essa reforma precisa estar concluída antes das eleições municipais de 2008”, destacou Marco Aurélio. Depois de conversar com o presidente da OAB, Cezar Britto, Marco Aurélio manifestou apoio a alguns pontos defendidos pela entidade, como a proibição de parlamentares trocarem de partidos e a cassação de políticos por voto popular. “Essas medidas devem tornar os representantes mais atentos, já que eles vão ser fiscalizados com mais intensidade pela população”, avaliou.

Marco Aurélio afirmou ainda que concorda com a redução do mandato dos senadores de oito para quatro anos, que também faz parte da proposta da OAB. “Há alguma perplexidade quando se vê que o mandato do presidente da República é de quatro anos e o dos senadores é o dobro disso”, opinou. “O Senado continuará uma Casa estável se os ocupantes das cadeiras fossem eleitos num intervalo menor, numa verdadeira prestação de contas aos eleitores.”


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)