Cassilândia, Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

10/06/2020 13:00

Prefeitura de Cuiabá está negando receber pacientes nos leitos para Covid-19

Notícia foi veiculada nesta terça-feira pelo site do Governo de Mato Grosso

Governo de Mato Grosso
Prefeitura de Cuiabá está negando receber pacientes nos leitos para Covid-19

A vistoria feita pela Central de Regulação de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado de Saúde (SES) constatou que a Prefeitura de Cuiabá não tem disponibilizado para os pacientes os leitos clínicos e de UTI habilitados de covid-19 junto ao Ministério da Saúde.

A situação foi notificada na última segunda-feira (08.06) ao procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges, para a tomada das devidas providências, uma vez que está levando ao “estrangulamento” da capacidade dos leitos e UTIs sob gestão do Estado na grande Cuiabá, com mais de 80% de ocupação.

A irregularidade foi descoberta após a Justiça autorizar a SES a inspecionar os leitos habilitados para o atendimento do coronavírus nas unidades de saúde municipais, uma vez que a equipe da Prefeitura de Cuiabá estava impedindo a vistoria.

Conforme o relatório, o Hospital Municipal São Benedito e o Hospital Municipal e Pronto Socorro de Cuiabá possuem leitos vagos para a covid, mas não estão disponibilizando as vagas para a Central de Regulação Estadual, “descumprindo o Plano de Contingência Municipal e colocando em risco a vida da população de Mato Grosso”.

A vistoria citou que o Hospital São Benedito tem 40 leitos de UTI e 42 leitos clínicos habilitados para covid-19. Conforme o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), há outros 30 leitos de UTI adulto cadastrados temporariamente para atender aos casos da doença.

“Porém, em constante censo realizado junto a unidade, as vagas são negadas sob a alegação da equipe médica do São Benedito de que os leitos ainda não foram liberados pela direção”, afirma o documento.

A mesma negativa, de acordo com o relatório, tem ocorrido em relação aos 15 leitos de UTI pediátrica do Hospital e Pronto Socorro.

“As vagas estão sendo negadas à regulação sob a alegação da equipe médica do Pronto Socorro de Cuiabá, por falta de infusão, falta de circuito de aspiração fechado e ausência de equipe de cirurgia pediátrica, essenciais para a condução do paciente covid-19”, relata a inspeção.

O documento é assinado pela secretária adjunta do Complexo Regulador, Fabiana Bardi, e pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

CONFIRA O DOCUMENTO CLICANDO AQUI.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 07 de Agosto de 2020
Quinta, 06 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)