Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/11/2011 07:07

Preço da terra volta a subir com a crise

Daniel Popov

São Paulo - Com a valorização dos preços internacionais das commodities agrícolas o valor das terras agriculturáveis também segue em alta no Brasil. Como investimento seguro em tempos de crise, as áreas rurais têm atraído aportes de grandes grupos empresariais. Somente este ano, a valorização média das terras é superior a 10%, mais do que o dobro da média registrada nos dois últimos anos no País.

Outra razão é o bom momento da agropecuária, com reflexos nas exportações, que de janeiro a outubro deste ano atingiram US$ 79,45 bilhões. O valor é 24,2% superior ao registrado em igual período do ano passado.

Segundo a gerente de Agroenergia da Consultoria Informa Economics FNP, Jacqueline Bierhals, os principais interessados na compra de terras agriculturáveis preparadas em Mato Grosso, Goiás e na região do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia (Mapitoba), são grandes grupos empresariais, investidores e companhias estrangeiras.

A terra no sul e sudeste brasileiro segue mais cara que as demais, devido à infraestrutura funcional, e à proximidade com os polos exportadores. Entretanto, a região central e o nordeste do País têm as maiores taxas de valorização. \"A procura por terras em São Paulo segue muito lenta, não está aquecida como no Mato Grosso, ou no nordeste. Entretanto, a valorização também chegou aqui: há dois anos a cotação era de R$ 35 mil por alqueire, hoje chega a R$ 60 mil. Com essa valorização as vendas também caíram muito\", comenta o corretor da Fazendas AR, Ataíde Ribeiro. Já no centro-oeste e no nordeste, a comercialização de terras está a todo o vapor. Segundo Elton Perez, presidente da corretora MT Fazendas, a demanda por terras nessas regiões fez com que o valor por hectare dobrasse em cinco anos.

DCI - Diário do Comércio & Indústria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)