Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

17/11/2011 07:07

Preço da terra volta a subir com a crise

Daniel Popov

São Paulo - Com a valorização dos preços internacionais das commodities agrícolas o valor das terras agriculturáveis também segue em alta no Brasil. Como investimento seguro em tempos de crise, as áreas rurais têm atraído aportes de grandes grupos empresariais. Somente este ano, a valorização média das terras é superior a 10%, mais do que o dobro da média registrada nos dois últimos anos no País.

Outra razão é o bom momento da agropecuária, com reflexos nas exportações, que de janeiro a outubro deste ano atingiram US$ 79,45 bilhões. O valor é 24,2% superior ao registrado em igual período do ano passado.

Segundo a gerente de Agroenergia da Consultoria Informa Economics FNP, Jacqueline Bierhals, os principais interessados na compra de terras agriculturáveis preparadas em Mato Grosso, Goiás e na região do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia (Mapitoba), são grandes grupos empresariais, investidores e companhias estrangeiras.

A terra no sul e sudeste brasileiro segue mais cara que as demais, devido à infraestrutura funcional, e à proximidade com os polos exportadores. Entretanto, a região central e o nordeste do País têm as maiores taxas de valorização. \"A procura por terras em São Paulo segue muito lenta, não está aquecida como no Mato Grosso, ou no nordeste. Entretanto, a valorização também chegou aqui: há dois anos a cotação era de R$ 35 mil por alqueire, hoje chega a R$ 60 mil. Com essa valorização as vendas também caíram muito\", comenta o corretor da Fazendas AR, Ataíde Ribeiro. Já no centro-oeste e no nordeste, a comercialização de terras está a todo o vapor. Segundo Elton Perez, presidente da corretora MT Fazendas, a demanda por terras nessas regiões fez com que o valor por hectare dobrasse em cinco anos.

DCI - Diário do Comércio & Indústria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)