Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/08/2007 10:32

Preço da arroba do boi no Estado atinge maior valor

Daniel Pedra/Midiamax

A escassez na oferta de animais em decorrência do clima seco fez com que os frigoríficos de Mato Grosso do Sul já ofereçam até R$ 61,00 pelo preço da arroba do boi gordo rastreado, maior valor desde o dia 23 de outubro de 2006. Esse valor é pago pelo Frigorífico Independência, localizado no município de Nova Andradina, onde a arroba do boi rastreado no prazo de 30 dias custa R$ 61,00 e R$ 59,00 à vista, enquanto a da vaca vale R$ 52,00 à vista e R$ 54,00 a prazo.


Há dez meses a arroba do boi gordo rastreado não passa dos R$ 60,00 em Mato Grosso do Sul devido ao registro de febre aftosa no rebanho dos municípios de Eldorado, Japorã e Mundo Novo em outubro de 2005. Desde a semana passada, as principais empresas frigoríficas instaladas em Mato Grosso do Sul já estavam pagando R$ 60,00 pela arroba do boi gordo rastreado, sendo que na segunda quinzena do mês junho a arroba já dava sinais de recuperação.


Na avaliação do presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Ademar da Silva Júnior, é uma boa notícia, mas o setor não pode ficar eufórico, pois é só uma recuperação de parte dos prejuízos dos últimos anos. “Ainda estamos equilibrando as contas, já que a pecuária no Estado, como no resto do Brasil, passou anos difíceis, nós já vendemos o boi gordo a R$ 60,00 a arroba há dois anos e depois esse valor caiu para R$ 49,00, mas os cursos de produção continuaram subindo”, analisa.


Ademar Jr. explica que essa alta é um reflexo também da falta de pastagem e a conseqüente diminuição da oferta de boi. “Estamos em época de entressafra, mas espero que os preços continuem nesses patamares no decorrer dos próximos meses”, aposta, prevendo que o produtor rural pode esperar por melhores preços até o fim do ano. “Acredito que até dezembro a arroba está na casa dos R$ 70,00”, ressalta.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)