Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/09/2007 06:44

Prazo de processo de cassação de vereador

STJ

A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), à unanimidade, deferiu o pedido de Marco Antônio da Silva Mello para reformar a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo que julgou válido o ato de cassação do seu mandato de vereador pela Câmara Municipal de Vargem Grande Paulista (SP).

Marco Antônio Mello alegou, em seu recurso, que a decisão do Tribunal de Justiça violou o artigo 5º, inciso VII, do Decreto-Lei nº 201/67, o qual prevê o arquivamento e nulidade do processo administrativo para a cassação do mandato eletivo de prefeitos e vereadores se não concluído em 90 dias, contados da notificação do acusado. “O prazo de 90 dias previsto na norma não pode ser suspenso por força do recesso parlamentar”, afirmou.

O relator, ministro Castro Meira, destacou, em seu voto, que a regra disposta no artigo 5º do Decreto-Lei 201/67, não obstante cuidar de processo de cassação de mandato de prefeito, aplica-se aos vereadores nos termos do seu artigo 7º.

“O processo de cassação do vereador deve transcorrer em até 90 dias, contados da data da notificação do acusado, nos termos do artigo 5º, inciso VII, do Decreto-Lei 201/67. Esse prazo, por ser decadencial, não pode ser suspenso ou prorrogado”, afirmou.


Autor(a):Cristine Genú

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)