Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/02/2014 16:30

Policiais federais suspendem emissão de passaporte e porte em protesto

Campo Grande News

O boicote com relação ao aumento salarial mais uma vez foi o foco da paralisação da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (25). Para representar a indignação da categoria, uma carroça e uma mula foi colocada em frente à Superintendência Regional, na Vila Sobrinho, em Campo Grande.

O presidente do Sinpef/MS (Sindicato dos Policiais Federais), Jorge Luís Caldas, que está a caminho de Corumbá, a 419 quilômetros da Capital, onde um ato público acontecerá amanhã, disse que a intenção é mostrar a sociedade a falta de estrutura e condições dos agentes e escrivães, que estão há sete anos com os salários congelados.

O sucateamento, representado pela carroça, também é tema das reivindicações da categoria. No interior, principalmente na região de fronteira, o presidente diz que as delegacias estão em péssimas condições.

Ao todo, 60% do efetivo participam do protesto, incluindo as cidades de Corumbá, Dourados, Naviraí, Ponta Porã e Três Lagoas. Mais uma vez, serviços de emissão de passaportes e registro do porte de armas foram interrompidos.

Abandono – Por tais fatores, segundo o sindicato, mais de 230 agentes federais abandonaram a carreira no ano passado. Em suma, os policiais dizem que após grandes operações anticorrupção eles permanecem com os salários congelados, ao contrário do pagamento de auditores da Receita, oficiais da Agência de Inteligência e servidores das agências reguladoras.

Combate ao tráfico de drogas – Por conta da desmotivação, uma pesquisa aponta interna da PF aponta que,entre 2010 e 2013, o número de indiciados pela Polícia no Estado do Mato Grosso do Sul caiu de 2.364 para 1.245, uma diminuição de praticamente 47% no número total de pessoas que responderam pelo crime.

Em todo o país, a partir de 2010 e durante o Governo Dilma houve uma queda superior a 60%, segundo avaliação da categoria. A pesquisa oficial informada através da Lei de Acesso à Informação também inclui uma análise dos indiciamentos relacionados ao tráfico de drogas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)