Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/10/2009 17:56

Policiais Federais são liberados após pagar R$ 2.000

Paulo Fernandes, Campo Grande News

Os agentes especiais Amilton Moreira e Luciana Correia Rodrigues, da Polícia Federal, foram liberados após o pagamento de R$ 1.000 cada. Eles haviam sido detidos na terça-feira por terem entrado sem autorização no país e portando armas.

O pagamento foi uma “punição por terem estado em território estrangeiro sem o conhecimento das autoridades paraguaias”, segundo o site Capitan Bado. Os policiais federais já estão em Ponta Porã (348 km de Campo Grande).

O governo paraguaio informou ao site Capitan Bado que o incidente não terá desdobramentos. Os policias não vão responder a qualquer processo e o caso foi encerrado com o pagamento.

Para o chefe da Comissária da Polícia Nacional em Capitan Bado, Luis Arias, os policiais brasileiros disseram que passaram de Coronel Sapucaia (394 km de Campo Grande) para a cidade paraguaia em uma perseguição a um traficante, em uma ação que estaria sendo realizada em conjunto com um policial de Salto del Guairá.

Com os agentes da Polícia Federal, foram aprendidos duas pistolas Glock com carregadores, uma pistola Taurus, uma sub-metralhadora com duplo carregador e mira telescópica, dois coletes a prova de balas, perucas, câmeras fotográficas e celulares.

Segundo a PF, os agentes estavam em missão sigilosa e legal, porque há um acordo de segurança e combate ao narcotráfico entre os dois países. A embaixada brasileira no Paraguai está acompanhando o caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)