Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/10/2014 15:30

Polícia suspeita que 15 homens estupraram menina de 9 anos em festa

Campo Grande News

A polícia investiga a possível participação de até 15 homens no estupro da menina índia de 9 anos de idade que está internada em estado grave no Hospital Universitário de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. Inicialmente a suspeita era de que sete homens violentaram a criança – três deles já presos – mas depoimentos de testemunhas podem levar a outros envolvidos. O caso ocorreu na aldeia Bororó, habitada por índios garani-kaiowá.

Pessoas que passavam pelo local onde ocorria uma festa, perto da construção em que a criança foi violentada na madrugada de segunda-feira, relataram a policiais da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) que pelo menos 15 homens foram vistos na casa.

A delegada que cuida do caso Rozeli Dolor Galego, confirma que diante desses depoimentos todos que estavam na festa são considerados suspeitos. Até então a polícia acreditava na participação de sete índios – três dos quais já estão presos. Policiais civis com apoio da Força Nacional fazem buscas na reserva indígena de Dourados à procura dos acusados.

Junior Alves Duarte, 19 anos, e Fábio de Souza Irala, 21, foram presos ainda ontem por participação no estupro da criança. Eles estão recolhidos numa cela do 1º Distrito Policial e serão levados para a Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorin Costa). Um adolescente de 14 anos também foi detido e levado para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

Segundo a delegada, eles confessaram o crime e alegam que estavam bêbados. Esse foi o 11º caso de estupro registrado na reserva de Dourados de janeiro até agora.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)