Cassilândia, Sábado, 18 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

07/10/2014 15:30

Polícia suspeita que 15 homens estupraram menina de 9 anos em festa

Campo Grande News

A polícia investiga a possível participação de até 15 homens no estupro da menina índia de 9 anos de idade que está internada em estado grave no Hospital Universitário de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. Inicialmente a suspeita era de que sete homens violentaram a criança – três deles já presos – mas depoimentos de testemunhas podem levar a outros envolvidos. O caso ocorreu na aldeia Bororó, habitada por índios garani-kaiowá.

Pessoas que passavam pelo local onde ocorria uma festa, perto da construção em que a criança foi violentada na madrugada de segunda-feira, relataram a policiais da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) que pelo menos 15 homens foram vistos na casa.

A delegada que cuida do caso Rozeli Dolor Galego, confirma que diante desses depoimentos todos que estavam na festa são considerados suspeitos. Até então a polícia acreditava na participação de sete índios – três dos quais já estão presos. Policiais civis com apoio da Força Nacional fazem buscas na reserva indígena de Dourados à procura dos acusados.

Junior Alves Duarte, 19 anos, e Fábio de Souza Irala, 21, foram presos ainda ontem por participação no estupro da criança. Eles estão recolhidos numa cela do 1º Distrito Policial e serão levados para a Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorin Costa). Um adolescente de 14 anos também foi detido e levado para a Unei (Unidade Educacional de Internação).

Segundo a delegada, eles confessaram o crime e alegam que estavam bêbados. Esse foi o 11º caso de estupro registrado na reserva de Dourados de janeiro até agora.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 18 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 17 de Novembro de 2017
19:49
Cassilândia
10:28
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Quinta, 16 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)