Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/02/2010 09:52

Polícia Rodoviária Federal mostra como vai fiscalizar

Todos os anos, o Carnaval é lembrado pelos brasileiros como período festivo, de alegria e comemoração. No entanto, a experiência da Polícia Rodoviária Federal mostra que os dias de folia também são marcados pelo excesso e pela violência nas estradas. Pensando nisso, de 0h desta sexta-feira (12/02) à meia-noite de quarta-feira (17/02), 66 mil quilômetros de rodovias federais estarão sob esquema especial de fiscalização e monitoramento.

Este esforço de policiamento foi apresentado ao Ministro da Justiça, Luiz Paulo
Barreto, nesta quinta-feira (11/02), pelo Diretor Geral do Departamento de Polícia
Rodoviária Federal, inspetor Hélio Cardoso Derenne. As explicações ocorreram durante
visita de avaliação ao 1º Distrito PRF em Brasília (DF). No local, foi instalada a escultura
“Não Faça Parte Desta Cruz”, do artista plástico mineiro Sebastião Brasileiro. A obra, que
tem 25 metros de altura e pesa nove toneladas, foi construída com veículos destruídos
em acidentes automobilísticos e chama a atenção dos motoristas para a violência no
trânsito.
Durante o final de semana prolongado, folgas e licenças de servidores serão
canceladas e policiais do serviço interno reforçarão a fiscalização nas BRs. Nos estados,
também haverá escalas extras para os policiais rodoviários federais, que trabalharão
entre 30% e 50% a mais que em dias normais. O período de descanso legal do servidor
será abreviado e a distribuição de viaturas e pontos de abordagem estará fundamentada
no mapeamento de trechos rodoviários mais críticos. De forma genérica, as regiões em
que o trânsito é mais lento receberão presença policial. Nos locais mais propensos ao
excesso velocidade, 400 radares serão responsáveis pela contenção dos abusos.
Apesar do esquema montado, os responsáveis pelo planejamento operacional da
Polícia Rodoviária Federal trabalham com expectativa de alta, principalmente no índice de
acidentes. A preocupação decorre do crescimento da frota em 2009, ano histórico para o
setor automotivo. Na última Operação Carnaval foram registrados 2.865 desastres de
trânsito, que provocaram 127 mortes e 1.784 feridos.
Bloco do etilômetro – Durante o feriado mais etílico do ano, o combate ao
consumo de álcool continuará no centro das atenções da Polícia Rodoviária Federal. A
grande diferença do Carnaval de 2010 para o de 2009 está na quantidade de bafômetros
que serão empregados nas estradas. Enquanto no ano passado, a PRF contava com 700
aparelhos, neste ano o bloco do etilômetro vem com dois mil equipamentos. Desde o
início da Lei Seca ao volante, 27.015 motoristas foram reprovados no teste de alcoolemia,
dos quais 16.050 acabaram presos.
Outra importante ferramenta tecnológica que será utilizada pela PRF são os
medidores de velocidade. Dos 400 aparelhos, 72 empregam tecnologia laser, à prova de
detectores de radar. Os equipamentos funcionam durante oito horas sem recarga de
bateria e têm capacidade de registrar duas infrações por segundo. O radar também
dispensa a abordagem dos motoristas infratores, que recebem a multa no endereço
fornecido para licenciamento do veículo, com foto, local e hora da infração.
Chuva promete trégua – De acordo com boletim meteorológico preparado pelo
Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) para a Polícia Rodoviária Federal, o tempo
bom deve prevalecer na maior parte do Brasil durante o Carnaval. Confira a previsão do
tempo completa no endereço www.inmet.gov.br.
Dnit aponta trechos com restrições – De acordo com relatório do Departamento
Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), os motoristas podem enfrentar
problemas em algumas rodovias por causa de interdições ou obras. No Paraná, o órgão
destaca o trecho entre os km 79 e 108 da BR-476, onde o fluxo está reduzido à meia pista
devido às obras de recuperação de encostas danificadas pelas chuvas. No Rio de
Janeiro, há um ponto em meia pista na BR-101 (Rio-Santos), na altura do km 477, com
obra emergencial em andamento.
Em São Paulo, a rodovia Régis Bittencourt, principal corredor de ligação entre Sul e
Sudeste do país, segue interditada no sentido Paraná por causa de um deslizamento de
terra em Barra do Turvo, na altura do km 552. De acordo com a Autopista, concessionária
da via, não há previsão para que o tráfego no local seja normalizado. A concessionária
orienta aos motoristas que seguem em direção ao Sul do país que adiem suas viagens,
se possível, enquanto durar o bloqueio. Confira outros locais:
- Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul
BR-101, entre Palhoça (SC) e Osório (RS), há mais de 150 quilômetros de pistas
duplicadas liberadas ao tráfego. No entanto, existem trechos em que o fluxo será
concentrado em pista única. Obras de duplicação exigem desvios locais (todos
sinalizados). Há horários e dias específicos de interdição do fluxo por causa da explosão
de rochas. Os usuários da BR-101 Sul (SC e RS) contam com o serviço de informações
pelo 0800 6030 101 e o site www.101sul.com.br, que indica a localização de todos os
desvios.
BR-470, km 117, município de Ibirama (SC). A ponte sobre o Rio Hercílio está em
obras emergenciais de recuperação desde julho. O tráfego neste ponto é feito em meia
pista, há sinalização e semáforo para organizar o fluxo, além da restrição de peso máximo
de 45 toneladas.
BR-280, km 59, município de Jaraguá do Sul (SC). A ponte sobre o Rio
Itapocuzinho está em obras de reforço e alargamento. O tráfego sobre a ponte é feito em
meia pista, com sinalização e semáforo para organizar o trânsito.
BR-282, km 94 e km 98, município de Alfredo Wagner (SC). Obras de restauração
com tráfego em meia pista.
Em Minas Gerais, os trechos com desvios estão nas rodovias de menor fluxo. Entre
as maiores vias, há obras em andamento nos seguintes locais:
BR-040 - Obras de duplicação em andamento entre o trevo de Curvelo e Sete
Lagoas.
BR-262 - Obras de duplicação entre Betim e Pará de Minas.
Trânsito de caminhões será controlado – Para aumentar a segurança dos
veículos menores que transitam por rodovias de pista simples, principal característica da
malha viária nacional, o tráfego de caminhões bitrens e cegonha volta a ser feito em
horário especial durante o feriado de Carnaval. Cada período de restrição terá duração de
seis horas e valerá para veículos com ou sem carga, independentemente de possuir
Autorização Especial de Trânsito (AET).
O motorista que descumprir a determinação será multado em R$ 85,13 (infração
média), receberá quatro pontos na CNH e permanecerá com o veículo estacionado até
liberação pelo agente. Confira dias e horários de restrição:
OPERAÇÃO PERÍODO DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO DA RESTRIÇÃO
CARNAVAL
De
12/02/2010
a 17/02/2010
12/02/2010 (sexta-feira) 16h às 22h
13/02/2010 (sábado) 6h às 12h
16/02/2010 (terça-feira) 16h às 22h
17/02/2010 (quarta-feira) 6h às 12h
Estrutura de fiscalização
Policiais 9 mil (em escala de revezamento)
Delegacias 150
Postos 400
Viaturas 2 mil (carros, motos, veículos de resgate)
Etilômetros 2 mil
Radares 400
Computadores de mão 1000
Importante – Não serão fornecidos números parciais durante o fim de semana
prolongado. A divulgação dos resultados finais da Operação Carnaval ocorrerá ao longo
da quinta- feira (18/02).
RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES
 Planejamento da viagem – O motorista deve se informar sobre as
distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada,
existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada.
Não esquecer documentação pessoal e do veículo;
 Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para
pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e
em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em
dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de
porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de
roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo;
 Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas a cada 3
horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da
"hipnose rodoviária", na qual se mantém de olhos abertos, mas sem
percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência,
perda de reflexos e de força motora;
 Período noturno – Evitar circular à noite. Além da redução da visibilidade, é
o horário que os delinquentes mais se aproveitam para a prática de crimes;
 Previsão do tempo – Procurar se informar sobre as condições do tempo
nos lugares por onde vai passar. O Instituto Nacional de Meteorologia
(Inmet) disponibiliza gratuitamente informações sobre o clima no endereço
www.inmet.gov.br;
 Atenção redobrada – Observar as placas que indicam os limites de
velocidade e as condições de ultrapassagem. Tais placas não foram
colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o
motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local;
A Divisão de Saúde da Polícia Rodoviária Federal também faz algumas
recomendações para quem pretende viajar no Carnaval. Conheça algumas:
 Durante a viagem, mantenha-se alimentado e hidratado. Dê preferência
a alimentos leves e de fácil digestão, como frutas, legumes e verduras. Evite
doces, frituras e gorduras. Álcool, nem pensar.
 Durma bem antes de qualquer viagem de automóvel. O sono e o
cansaço são grandes inimigos da viagem segura.
 Não exagere na bebida. Toda forma de álcool, inclusive cerveja, provoca
desidratação. Não estrague a sua festa e a de mais ninguém.
 SE FOR BEBER, NÃO DIRIJA.


Assessoria de Comunicação Social
Departamento de Polícia Rodoviária Federal / Ministério da Justiça
(61) 2025-6733 (novo número)
acs@dprf.gov.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)