Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/11/2015 16:19

Polícia prende três pessoas por explorar sexualmente criança de 5 anos

Renata Volpe Haddad, Campo Grande News

Três pessoas foram presas por participarem de uma rede de pedofilia que começou em Chapadão do Sul, distante 321 km de Campo Grande. Uma menina de 5 anos era explorada sexualmente pela avó e mãe, que vendiam as fotos da criança para um homem em Campo Grande.

De acordo com o delegado de Chapadão do Sul que investiga o caso, Danilo Mansur, o caso é complicado. "A avó teve duas filhas e mantinha um relacionamento com outra mulher. Esta mulher registrou a 2º filha da companheira. A mãe da criança começou a tirar fotos sensuais da própria filha", explica.

A menina explorada cresceu e teve uma filha. "Ela começou a repetir os atos que a mãe fazia com ela. Ela divulgava fotos na internet da menina de 5 anos com vibrador na boca, algo bem terrível mesmo", alega o delegado.

A avó da criança se mudou para Paranaíba, enquanto a mãe continuou em Chapadão praticando o crime. "A avó estava negociando com o homem de Campo Grande para manter relação sexual com a criança", informa.

A Polícia Civil de Campo Grande desarticulou a rede e prendeu o homem, que está na DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). A avó que havia se mudado para Santa Fé do Sul, São Paulo, também foi presa. "Faltava ainda a mãe da criança, eu pedi a prisão preventiva dela e em depoimento, a mãe não demonstrou nenhuma reação, negou o que havia feito com a criança. Quando mostramos as fotos da menina sendo explorada, ela não demonstrou nenhum sentimento", conta Mansur.

Conforme o delegado, também foram encontradas fotos da mãe e da meninas juntas, posando nuas. "Encontramos fotos de mais cinco ou seis meninas que ainda estamos verificando quem são", comenta.

Mais testemunhas serão ouvidas, pois segundo o delegado, há indícios de ter mais pessoas envolvidas na rede de pedofilia. O delegado tem 10 dias para poder concluir o caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)