Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/03/2004 17:04

Polícia Federal e governo não chegam a acordo

Andréia Araujo/ABr

Os policiais federais, em greve há três semanas, não chegaram hoje a um acordo durante reunião com representantes do governo, no Ministério do Planejamento. O governo apresentou proposta de 10% de reajuste para os agentes, que recomeçaram, ao meio-dia, a operação padrão. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Francisco Garisto, os agentes não querem reajuste. "Nem se fosse oferecido um aumento de 100%, nós aceitaríamos. Não qeremos aumento, queremos o cumprimento da lei", disse.

Garisto explicou que a categoria está reivindicando o cumprimento da Lei 9266/96, que nivela os cargos de agentes, escrivães e papiloscopistas com os de nível superior. Com isso, os agentes passariam a ganhar até 85% mais do que ganham hoje. Segundo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, os agentes da Polícia Federal ganham hoje um salário inicial de R$ 4,1 mil.

O presidente da Federação afirmou que a greve dos policiais continua e que até o fim da tarde, todos os portos e aeroportos do país devem obedecer à operação-padrão. O chefe de gabinete do Ministério da Justiça, Sérgio Sérvulo, disse que para dminuir o impacto da greve na sociedade, serão criados amanhã grupos-tarefa que prestarão os mesmos serviços da PF. Ele explicou que esses grupos serão formados por outros servidores públicos.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)