Cassilândia, Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

15/06/2020 07:30

Polícia Federal apreende 11,5 toneladas de maconha em galpão na fronteira

Droga estava sendo carregada e seria disfarçada em carga de milho

Midiamax
Carreta foi apreendida durante a preparação. (Foto: Divulgação).Carreta foi apreendida durante a preparação. (Foto: Divulgação).

O crime organizado continua acumulando prejuízos na fronteira. Na tarde deste domingo (14) agentes da PF (Polícia Federal) apreenderam 11,5 toneladas de maconha em Ponta Porã, cidade que faz fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Os agentes conseguiram chegar até a droga ao apurar informações de que uma carreta estaria sendo preparada para transportar grande quantidade de entorpecentes.

O carregamento estava sendo feito em um galpão, às margens da rodovia M-163, por quatro homens que foram presos no local.

Segundo informações da PF, a carga seria levada para o estado de São Paulo, escondida em grãos de milho. Além da carreta, os policiais federais também aprenderam um veículo.

Prejuízos

Na tarde deste sábado (13) agentes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) também uma fizeram a segunda maior apreensão da história do Mato Grosso do Sul e a maior do Departamento. Em operação realizada na rodovia MS 295 nas proximidades de Iguatemi, foram interceptadas 20 toneladas e 100 quilos de maconha.

A droga estava sendo transportada em fardos em meio a uma carga de milho a granel, semelhante ao que aconteceu neste domingo (14) e está está avaliada em mais de 40 milhões de reais.

De acordo com informações do DOF, quando a carreta foi abordada, o motorista demonstrou muito nervosismo e, após revista, os fardos de maconha foram localizados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 05 de Agosto de 2020
Terça, 04 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)