Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/08/2006 14:45

Pódio de zebras vê Button levar 1ª vitória da Honda

Campo Grande News

Corrida mais maluca dos últimos anos da Fórmula 1, o Grande Prêmio da Hungria deste domingo teve tudo para mudar a cara do Mundial, mas nas duas últimas voltas, um erro do heptacampeão Michael Schumacher, da Ferrari, manteve tudo como está, deixando para Hungaroring, que teve sua primeira corrida com chuva da história, um pódio de zebras, com vitória de Jenson Button, da Honda, seguido por Pedro de la Rosa, da McLaren, e Nick Heidfeld, da BMW.

A pista molhada foi a protagonista do domingo e proporcionou cenas raras na categoria atual, como a disputa na pista de dois campeões, favoritos sendo feitos de retardatários e uma Ferrari sendo pressionada por uma Toro Rosso (Felipe Massa pressionado por Scott Speed).

Antes da largada, a expectativa colocava o pole position Kimi Raikkonen, da McLaren, e o segundo colocado, Felipe Massa, da Ferrari, como grandes favoritos. No fim da prova, eles foram os que menos apareceram, com Massa largando mal e terminando em nono, e Raikkonen batendo no carro de Vitantonio Liuzzi, da Toro Rosso, e abandonando enquanto liderava.

Mais atrás, Schumacher e Alonso mostraram porque são campeões. Ambos ganharam cerca de seis posições cada logo na largada, realizada sob chuva. Os pneus fizeram toda a diferença e Alonso conseguiu se impor. Na volta sete ultrapassou o alemão e disparou na frente.

A partir daí a corrida de Schumacher começou a denigrir. Prejudicado pela má performance dos pneus Bridgestone, o alemão bateu, trocou o bico do carro e chegou a tomar uma volta de Alonso (depois de fechar a porta duas vezes, e só abrir na terceira para não tomar uma punição). Aqui, o jogo de pontos foi mais importante. Por um momento o espanhol achou que poderia vencer sem que Schumacher sequer pontuasse, mas o adversário, aos poucos, foi retomando as posições perdidas conforme a chuva passava e a pista secava.

Com o acidente de Raikkonen, Alonso liderava. Na parte final da corrida, só precisava administrar a vantagem, segurar Button que vinha pressionando em segundo, e acumular mais dez pontos, voltando a ampliar a liderança no Mundial. Em seu último pit stop, um erro da equipe, e o abandono. Alonso deixou os boxes e não conseguiu nem mesmo terminar uma volta, perdeu o controle do carro e bateu no muro de proteção. Calmo, ele explicou que foi um problema com a almocinética.

Com o azar de Alonso, Schumacher tinha tudo para terminar em segundo, atrás de Button, sem correr riscos. Mas no momento em que De la Rosa viu que podia pressioná-lo, o alemão começou a ter problemas. Os pneus, que já estavam no limite, não permitiram que ele segurasse a posição, caindo para terceiro. Em seguida, foi a vez de Heidfeld fazer pressão. Afobado para se manter entre os três primeiros, Schumacher deixou para frear muito tarde e, com um toque na BMW, danificou seu carro e abandonou, passando em poucos minutos de um estado de glória, onde diminuiria para três pontos a diferença para Alonso, para a mesmice, mantendo a desvantagem de 11 pontos.

Para a Honda, o dia foi de lucro. Apesar de o favorito na equipe ter sido o brasileiro Rubens Barrichello, que largou em terceiro e terminou em quarto, Button foi o mais feliz, dando para a escuderia sua primeira vitória na história. "Um dia maravilhoso para gente, para a Honda, para o Jenson. Foi um trabalho de equipe tremendo. Ele guiou de maneira impecável, no molhado e no seco. Nossa equipe de estratégia fez um trabalho maravilhoso, acertamos direitinho", disse Gil de Ferran, diretor técnico do time, em entrevista para a TV Globo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)