Cassilândia, Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

28/09/2020 16:01

PMA de Costa Rica autua mulher em R$ 5,5 mil por criar papagaio ilegalmente

Segundo a polícia, mantinha a ave em situação de maus-tratos

PMMS
PMA de Costa Rica autua mulher em R$ 5,5 mil por criar papagaio ilegalmente

 Polícias Militares Ambientais de Costa Rica autuaram hoje (28) uma mulher de 51 anos, por manter ave silvestre em cativeiro sem autorização do órgão ambiental competente e por maus-tratos. A equipe foi acionada pela Polícia Civil daquela cidade, que apreendia armas em uma residência e encontrou um papagaio na casa. Os Policiais perceberam que o animal também estava em condições de maus-tratos pela falta de alimento e com manchas de óleo nas patas, cabeça e corpo.

O homem que estava sendo preso com as armas informou que o papagaio era de sua mãe, a qual confirmou a versão e disse que pegou o animal há algum tempo quando residia em uma fazenda. A Polícia Militar Ambiental autuou administrativamente a infratora e a multou em R$ 5.500,00, sendo R$ 5.000,00 pela criação ilegal e R$ 500,00 por maus-tratos. Ela também foi conduzida à delegacia de Polícia Civil de Costa Rica e responderá por crime ambiental, com pena de seis meses a um ano de detenção e por maus-tratos, cuja pena é de três meses a um ano de detenção. A ave será encaminhada ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) na Capital.

 

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 28 de Outubro de 2020
Terça, 27 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)