Cassilândia, Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2020

Últimas Notícias

14/02/2020 19:00

Plantio da safrinha de milho deve cair no Estado este ano

Campo Grande News

 

Com o atraso no plantio da soja, a safrinha vai encolher pelo menos 9% em área plantada este ano em Mato Grosso do Sul. Em comparação aos dados da safra anterior (2018/2019) estima-se até o momento, recuo no cultivo em aproximadamente 9,02%, passando de 2,173 milhões para 1,977 milhão de hectares. Os dados foram divulgados hoje pela manhã na Famasul, pela Aprosoja MS.

Já a safra de soja 2019/2020 deve bater todos os recordes de produção no Estado, segundo estimativas da Aprosoja/MS e Sistema Famasul. Pela previsão das entidades rurais, MS deve colher 9,9 milhões de toneladas do grão, volume 12,5% superior a temporada anterior. As estatísticas são do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), com dados compilados pela Aprosoja/MS, Sistema Famasul e Governo.

De acordo com o boletim agrícola, em comparação à safra anterior (2018/2019), estima-se aumento de área plantada em 6,18% – de 2,9 milhões para 3,1 milhões de hectares. O levantamento indica que o acréscimo é uma constante nas últimas temporadas da oleaginosa, que se justifica com a entrada da agricultura em áreas de pastagens degradadas. Para a produtividade são esperadas 52,1 sacas por hectare na safra.

“Temos uma equipe técnica do Siga MS visitando as propriedades rurais diariamente, coletando dados e levando informação. Entre os principais diagnósticos desta safra foi o aumento de áreas de grãos em cima de pastagens, o que mostra a recuperação de áreas degradadas e o interesse em consorciar atividades, por parte dos produtores”, ressalta o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi.

“A agricultura sul-mato-grossense avança de forma vertiginosa. E tudo se deve ao empenho conjunto entre a classe científica e os produtores rurais, que estão preparados, cultivando de forma correta e com as melhores estratégias. Acreditamos no recorde da colheita da soja, que também deve garantir bons preços, assim como o milho que iniciou o plantio neste mês”, disse Dobashi.

“Agricultura inteligente e eficiente. Assim podemos definir a atividade agrícola no estado. Os produtores rurais estão cumprindo seu papel de forma responsável, investindo em capacitação, adotando novas tecnologias para aumentar cada vez mais a produtividade e sustentabilidade das lavouras”, destaca o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito.

Clima – As intempéries climáticas derrubaram a produtividade das lavouras de MS. Neste ciclo, apesar do atraso na chuva, a lavoura se manteve sem problema fitossanitário atípico e, na fase de enchimento de grãos, o índice de pluviosidade foi bom em todo o estado.

Milho – Com relação ao milho safrinha a unidade técnica da Famasul avalia que com o atraso no início das chuvas para o período de plantio da soja isso afetará o milho. “Esse fato, faz com que possivelmente a área de milho segunda safra sofra uma pequena diminuição em relação ao ano anterior, pois, as áreas que tiveram seu plantio de soja com muito atraso, não vão conseguir colher o grão em tempo hábil de se plantar o milho segunda safra dentro de sua janela de segurança climática. No entanto, para as áreas que conseguirem efetuar o plantio da segunda safra, a expectativa é de produtividades elevadas”, aponta a Famasul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Fevereiro de 2020
Segunda, 24 de Fevereiro de 2020
10:00
Receita do Dia
Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)