Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/10/2006 14:03

Plano de vôo do Legacy já está com delegado de MT

Agência Brasil

O delegado da Polícia Federal de Mato Grosso Renato Sayão, responsável pelas investigações sobre o acidente com o Boeing 737-800 da Gol, já recebeu o plano de vôo do jato executivo Legacy. Fabricado pela Embraer, o jato colidiu com o avião da Gol em 29 de setembro, causando a morte dos 154 ocupantes do Boeing.

Segundo o delegado, o plano de vôo foi fornecido pela Embraer e é peça importante para as investigações. Ele confirmou que, conforme o documento, o jato deveria voar em três níveis de altitude diferentes, a 37 mil pés, a 38 mil pés e a 36 mil pés de altitude. E que, no momento da colisão, o Legacy não deveria estar a 37 mil pés de altitude.

Em depoimento à Polícia Civil do Mato Grosso, os piloto Joseph Lepore e o co-piloto Jan Paladino disseram que o jato Legacy estava a 37 mil pés de altitude quando se chocou com o avião da Gol. Esse nível, segundo eles, estaria estabelecido no plano de vôo. Os dois alegaram que perderam o contato com o centro de controle da Aeronáutica. Os depoimentos foram passados pela Polícia Civil ao delegado da PF. As duas investigações correm em paralelo, até que a Justiça decida de quem é a competência para apurar o acidente.

Renato Sayão disse que vai ouvir os pilotos para confrontar a versão apresentada à Polícia Civil com as informações contidas no plano de vôo. O delegado também vai pesquisar a legislação aeronáutica para saber se os pilotos deveriam ter seguido o plano de vôo, no caso de não conseguirem entrar em contato com os controladores.

Sayão chegou ontem à noite em Brasília e está trabalhando na Coordenação de Aviação Operacional (Caop), que fica no hangar da Polícia Federal, no aeroporto. Segundo a assessoria de imprensa da PF, a equipe encarregada das investigações sobre o acidente com o Boeing da Gol é formada por oito policiais especializados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)