Cassilândia, Domingo, 22 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

11/05/2004 10:57

Plano de manejo para controlar aumento de capivaras

Agência Brasil

Com o objetivo de controlar a expansão da população de capivaras em algumas regiões do interior de São Paulo, em especial na Bacia do Rio Piracicaba, a gerência-executiva do Ibama no estado e a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo, assinarão na quinta-feira (13) um termo de cooperação para implantar um plano de manejo.

De acordo com informações divulgadas pelo Ministério do Meio Ambiente, o convênio prevê ainda colaboração para o estudo e o controle dos animais, tanto em ambiente natural quanto em áreas urbanas.

O crescimento de forma descontrolada da população de capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris) tem causado problemas à agricultura e chegado inclusive a áreas urbanas. A preocupação também é de ordem sanitária, já que esses mamíferos podem carregar o carrapato transmissor da febre maculosa. A doença pode ser letal aos seres humanos.

A parceira entre Ibama e USP será firmada durante o 1º Fórum sobre Febre Maculosa - Ações de Controle e Adequação Ambiental, no Campus da Esalq, em Piracicaba (SP).

No Vale do Rio Paraíba do Sul, estamos com o mesmo problema, gostaria de participar levando e buscando conhecimento para a solução da causa. Sou Médico Veterinário do município de Volta Redonda, com uma experiência de 16 anos de Zoológico e hoje pertenço ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador do Médio Paraíba. Onde posso visitar e quais pessoas contactar, o melhor dia para visitar, enfim somar. Guilherme Bustamante.
 
José Guilherme Goulart Bustamante em 02/09/2014 09:13:31
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)