Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/11/2012 21:12

PF tem 103 investigações sobre desvio de dinheiro público em MS

Marta Ferreira e Danúbia Burema, Campo Grande News

A Polícia Federal mantém 103 investigações em Mato Grosso do Sul sobre desvio de recursos públicos, parte de um total de 8,1 mil investigações que correm sobre o assunto em todo o País, que apontam para desvio de R$ 11,6 bilhões. Do total de investigações, 47 estão a cargo da Superintendência Regional da PF, em Campo Grande.

A PF não detalha a que se referem as investigações. Em reportagem de hoje, o jornal Folha de S.Paulo informou que os inquéritos sobre desvio de dinheiro público representam 10% do trabalho da PF no País.

Conforme o jornal paulista, as apurações são concentradas em verbas dos ministérios da Educação, da Saúde, dos Transportes e de Cidades ou ainda repassadas pelos órgãos para os Estados e municípios.

Um relatório, ao qual o jornal teve acesso, informa que a maior parte das investigações está no Nordeste (3.767), no Sudeste (2.022) e no Norte (1.091). Outras 720 são no Centro-Oeste e, por fim, 410, são no Sul do País.

O relatório é fruto da criação, no final de 2011, do SRDP (Serviço de Repressão a Desvios de Recursos Públicos).

Em todo o País, segundo a reportagem da Folha,há 1.633 agentes públicos sob investigação, entre políticos que ocupam cargos eletivos e servidores públicos. Os delitos mais comuns são peculato (1.402 inquéritos) e crimes em licitação (1.148 investigações).

As prefeituras motivam, no País, 1819 inquéritos. De acordo com a PF, isso ocorre porque a maior parte dos recursos federais para educação, saúde e cidades são repassados às administrações municipais para que elas efetuem as compras. Em geral, é nesse momento em que ocorrem as fraudes, de acordo com a corporação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)