Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/09/2004 08:34

Pesquisas apontam uso de preservativos no Brasil

Márcia Wonghon /ABr

Recife – Pesquisa feita pelo Programa Nacional de DST/AIDS confirmou que 96% da população sexualmente ativa do Brasil tem consciência de que o uso do preservativo é a maneira mais segura de evitar a infecção pelo HIV. Esse estudo, realizado no ano passado, foi apresentado pela pesquisadora Ana Roberta Pascom, técnica da unidade de avaliação do programa, durante o 1º Congresso Brasileiro de AIDS, em Olinda. Foram ouvidas 1.882 pessoas e 69% se disseram sexualmente ativas.

Já uma outra pesquisa encomendada pelo Ministério da Saúde à Fundação Getúlio Vargas constatou que as mulheres se sentem inibidas e preferem que os homens portem o preservativo. O coordenador da pesquisa é professor Orlando Cattini. Um dos pontos do estudo que surpreendeu o pesquisador foi o baixo poder de convencimento da do sexo feminino frente à recusa do homem em colocar a camisinha.

Uso de preservativos

O mercado nacional de preservativos é formado por 52% de produtos fabricados no país, 48% no exterior. Cerca de 61% dos produtos são vendidos em cadeia comercial e 39% são distribuídos a população pelo governo federal nos postos de saúde e por organizações não-governamentais.

A venda de preservativos no Nordeste cresceu 420% nos últimos 10 anos. A constatação foi feita por meio de uma pesquisa realiza pela empresa Acnielsen, que atua no mercado de varejo alimentar, trabalhando com duzentas categorias de produtos, incluindo higiene pessoal. O resultado do estudo foi apresentado pela pesquisadora Sandra Sózio. Sózio destacou que dos 242 milhões de preservativos vendidos no Brasil este ano, 19% foram adquiridos pela população do Nordeste.

A pesquisadora observou que a região Nordeste possui seis mil pontos de venda da camisinha em 119 mil lojas, incluído supermercados e farmácias. Informou que o custo da unidade, estimado em R$ 0,52 é 12% menor que a média nacional. Sandra Sózio disse ainda que em São Paulo, onde existe maior incidência de contaminação pelo vírus da Aids, o consumo de preservativos é o menor do país.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)