Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/07/2004 18:50

Pesquisa nos estados vai estudar competitividade

Agência Brasil

Acordo de parceria assinado entre o Movimento Brasil Competitivo (MBC), a Fundação Dom Cabral e o Fórum Econômico Mundial (WEF) vai promover um estudo sobre a competitividade nos estados do Brasil, começando pelo Rio Grande do Sul, primeiro a aderir à oniciativa. durante o 5º Congresso Internacional da Qualidade para Competitividade, que acontece nesta Capital,

Os critérios serão semelhantes ao Relatório de Competitividade Global, realizado pelo WEF em 102 países. No último estudo, divulgado em novembro de 2003, o Brasil perdeu nove posições, caindo do 45° lugar para 54° no ranking. A Fundação Dom Cabral, de Minas Gerais, é a responsável pela coleta dos dados brasileiros de competitividade que constam na pesquisa.

Por meio de pesquisa com as principais lideranças do país, o estudo vai verificar como estão as questões envolvendo o ambiente macroeconômico, o desenvolvimento e difusão de tecnologia e a confiança nas instituições públicas. O WEF é reconhecido pela organização do Fórum Econômico de Davos, na Suíça.

Na abertura do evento , o presidente do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade e do Conselho Superior do Movimento Brasil Competitivo, Jorge Gerdau Johannpeter destacou a evolução dos modelos de gestão, que estão mais próximos da sociedade. “As técnicas e as ferramentas estão aprimoradas e os profissionais mais preparados. Com as ferramentas do sistema de avaliação do PGQP, contribuímos para um projeto amplo e com mais consistência aos objetivos do movimento pela Qualidade”, destacou Gerdau.

Lupi Martins

As informações são da assessoria de imrepnsa do PGQP

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)