Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

11/05/2005 08:52

Pauta fiscal está 22% acima do preço do boi

Fernanda Mathias/Campo Grande News

Mesmo sob alertas que, segundo a Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul), já ocorrem há mais de um mês, ainda está mantida a pauta fiscal (valor de referência para cobrança de ICMS) de R$ 60,00 para arroba do boi gordo no Estado. Esse valor é 22% acima dos melhores preços encontrados hoje pela Federação, de R$ 48,00 a R$ 49,00 a arroba do animal rastreado. No caso do boi gordo não rastreado os preços oscilam de R$ 45,00 a R$ 47,00.
A assessora econômica da Famasul, Adriana Mascarenhas, afirma que a entidade tem constantemente mostrado à Secretaria de Receita e Controle que os valores da pauta não refletem a realidade do mercado. Adriana Mascarenhas reforça que o próprio site da Famasul é uma das referências para coleta de dados para formação da pauta.
Segundo pesquisa da CNA (Confederação Nacional de Agricultura) o Mato Grosso do Sul acumulou no primeiro trimestre deste ano a maior desvalorização da arroba dentre os nove estados pesquisados, de 8%.
A assessora econômica da Famasul afirma que há inclusive uma tendência dos pecuaristas de corte a migrarem para produção de leite, que está sendo mais remuneradora. Hoje são R$ 0,50 por litro ao produtor. “Não é grande a rentabilidade, mas um pouco maior que o corte com certeza. Alguns criadores de gado de corte, dependendo do custo, já pagam para produzir”, observa.
O superintendente de Arrecadação Tributária da Secretaria de Receita e Controle, Gladiston Amorim, afirma que o governo já admite a redução do preço da arroba e na próxima semana deve alterar a pauta fiscal. Por outro lado, ressalta que é preciso incluir no cálculo do preço o próprio ICMS e que estão sendo pesquisados os valores pagos pelos frigoríficos do Oeste Paulista, já que a tributação ocorre para os animais que saem do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)