Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

28/12/2005 15:50

Parlamentares da oposição ameçam não votar orçamento

Gislene de Almeida / Campo Grande News

Parlamentares da oposição ameaçam não votar o orçamento de 2006 se não for mudado o relatório sobre os recursos para saúde. O texto designa R$ 2,1 bilhões do orçamento da área para o Ministério do Desenvolvimento Social, para ser gasto com o programa Bolsa Família. De acordo com a Agência Câmara, a crítica foi feita hoje, durante sessão na Câmara dos Deputados, pelo próprio relator do projeto, o deputado Cláudio Cajado (PFL-BA).

Cajado afirmou que é favorável ao programa Bolsa Família, mas "não pode concordar que o dinheiro da saúde seja usado com gastos na assistência social". "Isso trará conseqüências nefastas para a saúde brasileira".

Com quorum suficiente, a Comissão Mista de Orçamento continua a discutir os relatórios setoriais do projeto orçamentário para 2006. O relator de Trabalho, Previdência e Assistência Social, senador João Ribeiro (PL-TO), afirmou há pouco que vai propor adendo ao parecer, transferindo os recursos destinados à Bolsa Família, na rubrica suplementação alimentar do Ministério da Saúde, para o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Com isso, o relator satisfaz os deputados que protestavam contra o fato de esses recursos estarem na área da Saúde, o que representaria um desvio do dinheiro destinado à pasta.


O deputado Claudio Cajado concordou com o adendo. Ele advertiu, no entanto, que na hora da votação do relatório final será mantida a posição de não votar o Orçamento se esses recursos continuarem na área da Saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)