Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/12/2005 15:50

Parlamentares da oposição ameçam não votar orçamento

Gislene de Almeida / Campo Grande News

Parlamentares da oposição ameaçam não votar o orçamento de 2006 se não for mudado o relatório sobre os recursos para saúde. O texto designa R$ 2,1 bilhões do orçamento da área para o Ministério do Desenvolvimento Social, para ser gasto com o programa Bolsa Família. De acordo com a Agência Câmara, a crítica foi feita hoje, durante sessão na Câmara dos Deputados, pelo próprio relator do projeto, o deputado Cláudio Cajado (PFL-BA).

Cajado afirmou que é favorável ao programa Bolsa Família, mas "não pode concordar que o dinheiro da saúde seja usado com gastos na assistência social". "Isso trará conseqüências nefastas para a saúde brasileira".

Com quorum suficiente, a Comissão Mista de Orçamento continua a discutir os relatórios setoriais do projeto orçamentário para 2006. O relator de Trabalho, Previdência e Assistência Social, senador João Ribeiro (PL-TO), afirmou há pouco que vai propor adendo ao parecer, transferindo os recursos destinados à Bolsa Família, na rubrica suplementação alimentar do Ministério da Saúde, para o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Com isso, o relator satisfaz os deputados que protestavam contra o fato de esses recursos estarem na área da Saúde, o que representaria um desvio do dinheiro destinado à pasta.


O deputado Claudio Cajado concordou com o adendo. Ele advertiu, no entanto, que na hora da votação do relatório final será mantida a posição de não votar o Orçamento se esses recursos continuarem na área da Saúde.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)