Cassilândia, Quarta-feira, 01 de Abril de 2020

Últimas Notícias

24/03/2020 17:00

Paraguai decreta fechamento total de suas fronteiras até domingo

Campo Grande News

 

O Paraguai vai fechar totalmente suas fronteiras, portos e aeroportos de 0h desta quarta-feira até domingo (29) por causa da pandemia do novo coronavírus. A medida, anunciada pelo ministro do Interior Euclides Acevedo e pela chefe da Direção de Migrações María de los Ángeles Arriola, vale também para os 500 quilômetros da Linha Internacional com Mato Grosso do Sul e afeta diretamente cidades como Bela Vista, Ponta Porã, Coronel Sapucaia, Paranhos e Sete Quedas.

De acordo com Arriola, a ordem do presidente Mario Abdo Benítez é para bloqueio total. Paraguaios regressando ao país poderão entrar a partir de domingo, mesmo assim ficarão de quarentena e serão submetidos a exames para detectar a Covid-19.

María Arriola disse que os 13 postos fronteiriços habilitados para a entrada de pessoas e mercadorias permanecerão fechados e protocolos de prevenção serão aplicados aos paraguaios que retornam ao país. Mercadorias de primeira necessidade poderão entrar, mas serão transportadas por pessoal autorizado.

"O fechamento total das fronteiras e dos aeroportos foi determinado para impedir temporariamente, mas estritamente, a entrada de pessoas que vêm do exterior, exceto as mercadorias e produtos necessários para a subsistência e o comércio", informou Euclides Acevedo em coletiva de imprensa. “O bicho não vem só pelo ar, vem também por água e por terra”, disse ele sobre o vírus.

Sobre o departamento de Amambay, cuja capital é Pedro Juan Caballero, Arriola disse que os acessos estão vigiados por 40 bloqueios do Exército e da FTC (Força-Tarefa Conjunta).

Acevedo e Arriola informaram que após o bloqueio total, o governo vai abrigar os cidadãos paraguaios que desejarem regressar. Eles serão colocados em acomodações nas áreas de fronteira com despesas pagas pelo Estado e vão ficar nesses locais durante a quarentena. “As forças de segurança farão fileiras para aplicar drasticamente o protocolo de saúde. É uma questão de vida, uma semana de sacrifício”, afirmou o ministro.

Arriola informou que de 16 a 22 de março, 8.251 pessoas entraram no Paraguai, através dos diferentes postos fronteiriços. Esse grande número provocou temor entre os demais cidadãos do país. As medidas anunciadas hoje aumentam a série de restrições adotadas pelo Paraguai para conter a pandemia. Até hoje de manhã, o país vizinho tinha 27 casos confirmados e duas mortes por Covid-19.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 01 de Abril de 2020
Terça, 31 de Março de 2020
22:43
Chapadão do Sul
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)