Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/05/2007 06:55

Para STJ, detentos devem cumprir pena perto de parentes

Adriany Vital/Campo Grande News

Uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) pode beneficiar presos que cumprem pena em regime fechado em outros Estados.

Nesta sexta-feira (11) o ministro Paulo Gallotti, determinou em liminar o retorno de 12 chefes de facções criminosas ao Rio de Janeiro. Os detentos cumprem pena no presídio federal de Catanduvas, no Paraná.

De acordo com a Folha S. de Paulo, a decisão do ministro foi baseada na Lei de Execuções Penais, que determina que o cumprimento de penas deva ser no local mais próximo de onde vivem os parentes dos condenados.

A decisão cabe recurso, mas caso seja mantida pode abrir brechas para o retorno de outros condenados ao Estado de origem.

Neste fim de semana, 23 detentos de Mato Grosso do Sul foram transferidos para o presídio paranaense. As transferências tiveram caráter de urgência e atendeu a solicitação da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), para desarticular uma possível rebelião planejada pelo PCC, programada para ocorrer no domingo, nos Presídios de Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas.

A previsão é de que os presos fiquem por um ano na unidade paranaense, podem o prazo ser prorrogado pelo mesmo período.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)