Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

31/10/2009 21:06

Para aeronáutica, 10 fatores levaram ao acidente da TAM

Campo Grande News/ Paulo Fernandes

Relatório divulgado hoje mostra que o acidente com o Airbus da TAM, que matou 199 pessoas em julho de 2007, teve a contribuição de pelo menos 10 fatores, a maioria relacionados com a atuação dos pilotos Kleyber Lima e Henrique Stephanini di Sacco.

O documento foi feito pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). O documento lista aspectos operacionais, psicológicos e de projeto, que de alguma maneira levaram à colisão da aeronave com um depósito de cargas da companhia no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Para a Aeronáutica, houve deficiências “quantitativa e/ou qualitativa” na formação teórica dos pilotos, feita em cursos por computador. A experiência do piloto Di Sacco também é questionada. Segundo a Aeronáutica, apesar da larga experiência em jatos comerciais, o piloto tinha apenas 200 horas de voo em aeronaves do modelo A-320.

Em um item, é citada a responsabilidade do governo: no que destaca que a falta de regras sobre a proibição de pousos em pista molhada contribuiu para o acidente.

Apesar de a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) exigir o funcionamento dos reversos (freios instalados na turbina) como condição para pousar em Congonhas desde 2006, a norma só foi regulamentada em 2008, depois do acidente, segundo a Agência Brasil.

“A regulamentação oportuna desse requisito teria impedido a operação da aeronave em Congonhas com a pista molhada”, afirma o documento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Agosto de 2017
21:03
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)