Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/10/2009 21:06

Para aeronáutica, 10 fatores levaram ao acidente da TAM

Campo Grande News/ Paulo Fernandes

Relatório divulgado hoje mostra que o acidente com o Airbus da TAM, que matou 199 pessoas em julho de 2007, teve a contribuição de pelo menos 10 fatores, a maioria relacionados com a atuação dos pilotos Kleyber Lima e Henrique Stephanini di Sacco.

O documento foi feito pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). O documento lista aspectos operacionais, psicológicos e de projeto, que de alguma maneira levaram à colisão da aeronave com um depósito de cargas da companhia no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Para a Aeronáutica, houve deficiências “quantitativa e/ou qualitativa” na formação teórica dos pilotos, feita em cursos por computador. A experiência do piloto Di Sacco também é questionada. Segundo a Aeronáutica, apesar da larga experiência em jatos comerciais, o piloto tinha apenas 200 horas de voo em aeronaves do modelo A-320.

Em um item, é citada a responsabilidade do governo: no que destaca que a falta de regras sobre a proibição de pousos em pista molhada contribuiu para o acidente.

Apesar de a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) exigir o funcionamento dos reversos (freios instalados na turbina) como condição para pousar em Congonhas desde 2006, a norma só foi regulamentada em 2008, depois do acidente, segundo a Agência Brasil.

“A regulamentação oportuna desse requisito teria impedido a operação da aeronave em Congonhas com a pista molhada”, afirma o documento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)