Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

26/06/2012 10:11

Para advogado, Ficha Limpa precisa de comprovação do dolo

Por Gazeta de Vargem Grande

Aprovada em 2010 por iniciativa popular, a Lei da Ficha Limpa torna inelegíveis políticos condenados, em trânsito julgado, por diversos crimes. No entanto, ainda há muitas dúvidas a respeito de sua aplicação e abrangência. Na semana passada, a Gazeta de Vargem Grande entrevistou o advogado Anderson Pomini, especialista em direito eleitoral, que falou sobre o tema.

No dia 16, Pomini foi um dos palestrantes do “Fórum Eleições 2012”, evento realizado pela Associação Paulista de Jornais (APJ), em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, em Bauru. Sobre a aplicação da Lei Ficha Limpa, o advogado explicou à Gazeta que há necessidade de comprovação de dolo (culpa) para o político ser enquadrado na lei.

Questionado, o especialista citou que a rejeição de contas de um prefeito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), confirmada pelo Poder Legislativo , não quer dizer que o político esteja inelegível. “É preciso comprar que houve dolo, enriquecimento ilícito, malversação do dinheiro público, para tornar o candidato inelegível”, explicou.
Caso não haja esse tipo de comprovação, mesmo que a candidatura inicialmente não seja considerada legal, o candidato pode recorrer. “E reverter essa decisão”, afirmou.

Durante a sua palestra em Bauru, o advogado ponderou que até mesmo condenações por improbidade administrativa não significam o enquadramento na Ficha Limpa, que foi pacificada pelo STF como válida para as eleições de 2012. “O administrador não vai perder o direito de concorrer por ter perdido um prazo, por exemplo”, afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 22 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)