Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/08/2006 15:56

Pagamento com cheque à vista aumenta 11,82% em 2006

Os pagamentos com cheques à vista cresceram no Brasil no mês de julho. Estudo da Telecheque, empresa especializada na concessão de crédito, mostra um aumento de 11,82% nas transações à vista em comparação com as realizadas em julho de 2005. Nesse período, do volume total em reais transacionado com cheques, os pagamentos para compensação imediata representavam 27,74% dos efetuados. Já em julho de 2006, as compras com cheques à vista chegam a representar 31,02% do montante total.

"O mercado passou por uma mudança brusca com relação aos prazos de pagamento no último ano. O varejo incrementou as ofertas com parcelamentos a perder de vista, e isso contribuiu para que o consumidor se endividassse e perdesse o controle de sua real situação financeira. A atual redução dos prazos nas compras com cheques demonstra que o consumidor está um pouco mais cauteloso e preocupado em não assumir dívidas muito longas, prinicipalmente com a proximidade das compras de final de ano", explica José Antônio Praxedes Neto, vice-presidente da Telecheque.

Os pagamentos com cheques pré-datados caíram 1,47% no País na comparação mensal e 4,53% na anual. O índice de pré-datados em julho de 2006 foi de 68,98%.

O Estado que apresentou maior percentual de cheques à vista foi Alagoas, com índice de 62,25%. O Estado registrou crescimento desse tipo de transação de 6,30% em relação a junho (58,56%) e de 79,39% no comparativo com julho do ano passado (34,70%). Alagoas também foi o Estado que apresentou maior aumento das transações pré-datadas quando se compara julho deste ano com o mesmo período de 2005.

Na segunda posição despontou Goiás. Do total dos pagamentos com cheques realizados no Estado, 45,92% foram efetuados à vista. No entanto, esse indicador de cheques à vista representou queda tanto na variação mensal como na variação anual. Em comparação com junho (51,07%) a queda foi de 10,08% e frente a julho de 2005 (48,16%) houve baixa de 4,65%.

O terceiro colocado em volume de transações à vista foi a Paraíba, com indicador de 41,23%. Nesse Estado houve acréscimo dos pagamentos à vista de 14,34% em comparação com junho (36,06%) e de 13,77% em relação ao mesmo período do ano passado (36,24%).



INVERTIA

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)