Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/02/2008 14:25

Oposição e governo fecham acordo sobre CPI dos Cartões

Integrantes da base governista e da oposição fecharam um acordo para a instalação da CPI dos Cartões Corporativos. Depois de insistir na criação de uma CPI só de senadores, os governistas concordaram em apoiar a proposta da oposição de instalar uma comissão mista - formada por senadores e deputados federais. O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), autor do requerimento para a criação da CPI, esclareceu à base aliada que a investigação não será partidária e vai incluir o governo Fernando Henrique Cardoso.

"Eu propus no dia 28 de janeiro deste ano uma CPI mista que investigasse o uso dos cartões corporativos desde a sua criação. O problema é que alguns, inclusive o senador Romero Jucá, estavam entendendo que essa CPI mista iria investigar apenas o governo Lula", disse. Ele garante que essa não era sua intenção ao apresentar o requerimento. Sampaio lembrou que o cartão corporativo foi criado em 1998 e passou a ser utilizado em 2001. "É natural, portanto, que a investigação retroaja até 1998, data em que o cartão foi criado", afirmou.

Com o acordo, Carlos Sampaio disse que está autorizado a colher as assinaturas que ainda faltam para a criação da CPI entre os parlamentares da base governista. São necessárias 171 assinaturas de deputados e 27 de senadores. A CPI terá duração de 3 meses prorrogáveis por mais três. Pelo regimento do Congresso, os dois maiores partidos terão direito a indicar o presidente e o relator da Comissão.

Reportagem - Geórgia Moraes/Rádio Câmara

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)