Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/09/2013 15:12

Operação policial chegou a MS para ouvir mulher que morou no PR

Lidiane Kober, Campo Grande News

Batizada de Agro-Fantasma, operação da PF (Polícia Federal) chegou, nesta terça-feira (24), a Três Lagoas para ouvir mulher que coordenou programa supostamente irregular no município de Pinhão, no Paraná. De acordo com a assessoria de imprensa da PF, a mulher reside atualmente em Mato Grosso do Sul e recebeu, hoje, mandado de condução coercitiva.

Ainda segundo a PF, são alvos da operação para combater o desvio de recursos do Programa Fome Zero, do Governo Federal, 15 municípios do Paraná, além de Bauru, em São Paulo. Em Mato Grosso do Sul, as irregularidades não teriam sido detectadas e Três Lagoas só foi citada por ser a atual cidade da ex-coordenadora do programa, em Pinhão.

A Operação Agro-Fantasma é coordenada pela superintendência de Curitiba e ao todo 92 mandados de prisão serão cumpridos nesta terça-feira. Entre eles, 11 são mandados de prisão preventiva, sete de suspensão cautelar da função pública, 37 de busca e apreensão e 37 de condução coercitiva.

Em todas as cidades investigadas, foram encontrados indícios de desvio de recursos do programa Fome Zero. Até agora, 58 pessoas foram indiciadas pelos crimes de apropriação indébita, estelionato, formação de quadrilha, falsidade ideológica, ocultação de documento entre outros.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, toda a direção da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) do Paraná será afastada por desviar recursos do programa. Cerca de 200 policiais federais participam da operação. As investigações começaram em 2011, a partir da Operação Feira Livre, que apurou fraudes em municípios.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)