Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/07/2007 13:51

Operação Judas: TJ/MS manda soltar acusados

TJMS

O desembargador do Tribunal de Justiça de MS, Claudionor Miguel Abss Duarte, determinou hoje a soltura dos quatro acusados que permaneciam presos em virtude da Operação Judas.
Na quinta-feira passada, o desembargador havia determinado a soltura dos acusados no processo 007.07.100500-1, todavia outros dois processos com prisão preventiva decretadas, mantiveram as prisões.
Hoje, o desembargador estendeu os efeitos do habeas corpus de ofício para os demais processos.

Veja a decisão

F. Vistos, etc. (...) ...no dia 26/07/07, a Procuradoria Geral de Justiça entregou em mãos a manifestação anteriormente requisitada. Somente neste momento,chegou ao conhecimento desta relatoria a existência dos processos 007.07.000992-5 e 007.07.000993-3. No dia 27/07/07, foi protocolizada petição em que a requerida Ana Regina Arantes esclarece a existência dos três processos criminais anteriormente citados e requer, em síntese, que os efeitos da decisão anterior sejam estendidos aos demais processos...no mesmo dia foi protocolizada petição pelos requeridos Jorge Y. Kobayashi e Ivete Vargas R. de Souza...Analisando detidamente as denúncias dos processos que tramitam perante a comarca de Cassilândia, constata-se que os fatos apontados como delituosos são deveras semelhantes aos decritos nesta denúncia. Ademais, uma simples consulta ao SAJ é suficiente para se observar que os dois últimos processos distribuídos por dependência. Diante de todo o exposto, determino, igualmente, a imediata suspensão dos processos 007.07.000992-5 e 007.07.000993-3, que tramitam perante a comarca de Cassilândia, até decisão deste Sodalício sobre a conexão entre este feito e aqueles. Estendo os efeitos do habeas corpus concedido anteriormente, para todos os denunciados nos processos de nº 007.07.000992-5 e 007.07.000993-3, revogando as prisões preventivas decretadas anteriormente. Expeça-se Alvará de Soltura imediatamente, para Ana Regina Arantes, Ivete Vargas Rocha de Souza, Jorge Yoshishilo Kobayashi e Waldimiro José Cotrim Moreira. Comunique o Juízo de Cassilândia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)