Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/10/2007 08:26

OAB cobra relação de advogados investigados pelo MPE

Redação 24HorasNews

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso, Francisco Faiad, disse nesta sexta-feira que já pediu ao procurador-geral do Ministério Público Estadual, Paulo Prado, a relação dos nomes de todos os advogados que estariam supostamente sendo investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Tais advogados, segundo noticiário da imprensa de Cuiabá, teriam ligações com o criminoso João Arcanjo Ribeiro, acusado de chefiar o crime organizado em Mato Grosso e que estava preso na Penitenciária do Pascoal Ramos.

Faiad informou também que pediu autorização para obter acesso da Ordem aos precimentos que teriam sido instaurados sobre os advogados, por se tratar de um direito assegurado nos artigos 34, 44 incisos I e II, 49 caput e parágrafo único da Lei 8.906/94 – o Estatuto da Advocacia. O documento é assinado também pelo presidente da Comissão de Direito Penal e Processo Penal da OAB, Ulysses Rabaneda. “Não podemos aceitar esse tipo de atitude. É uma coação a profissão do advogado” – disse o presidente da Ordem.

“Com os documentos em mãos, teremos a exata compreensão do que está acontecendo, onde tomaremos as medidas cabíveis, seja na punição dos maus profissionais, ou na defesa daqueles que estão injustamente sendo taxados de suspeitos” – disse Rabaneda

Francisco Faiad ressaltou, por outro lado, que a Ordem é, certamente, uma das entidades que mais luta pela ética na profissão. Ele lembrou que a história da OAB mostra a seriedade de seus procedimentos. “Nunca, em tempo algum, deixamos de cortar a própria carne, em nome da ética e da disciplina. E não seria em casos extremos como esse que procuraríamos cruzar os braços. Portanto, a OAB quer saber de tudo que se passa porque este país ainda é feito pela legalidade” – acrescentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)