Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/07/2007 15:00

O recado de Cheida: Asas para quem sabe voar

Luis Eduardo Cheida*

Ícaro era filho Dédalo, o homem que construiu o labirinto do palácio do rei de Creta, afim de aprisionar o terrível Minotauro, metade homem, metade touro.

Dédalo, porém, cometeu um erro: ajudou Ariadne, filha do soberano, a fugir com Teseu, o que provocou a ira real. Como punição, pai e filho foram atirados dentro do labirinto, no monte Egeu.

Ao pé do Egeu, o mar bravio. Acima dele, o céu inexpugnável.

No interior daquela prisão indevassável, Dédalo não se entrega. Projeta asas, juntando penas de aves caídas no chão e as fixa com cera, para que não descolem. Coloca-as em si e em Ícaro e o ensina a voar.

Antes do vôo final, porém, adverte-o:
- Filho, voe moderadamente. Não tão alto que o calor do Sol derreta a cera que cola as penas, nem tão baixo que as ondas do mar possam molhá-las.
Beijando-o, atira-se no precipício, seguido por Ícaro.

Dédalo voa moderadamente, passa por sobre as ondas revoltas e chega em terra, com segurança. Mas, enquanto salva a si, vê o filho voar para além de seus conselhos. Vê o Sol brilhando forte em suas asas, a cerra derretendo, o filho caindo ao mar.

Ícaro, deslumbrado com a bela imagem do Sol, voou em sua direção, inebriado pela súbita sensação de poder.
O pai consegui escapar. O filho morreu.

Foram as asas que mataram Ícaro?

Não, porque as mesmas asas salvaram o pai.

Como analogia, a essa estória tão conhecida, as asas projetadas são o produto da tecnologia. A tecnologia, manejada em respeito à natureza, salva o pai. Utilizada em desacordo com ela, tira a vida do filho.

O progresso tecnológico não precisa ser, necessariamente, ruim, devastador. O progresso pode ser bom, promover o desenvolvimento harmônico, reduzir as desigualdades e implantar a paz social. Os meios e objetivos com que é construído é que definem isso.

Entretanto, uma coisa vai ficando certa: o segredo da ciência, ou a ciência do segredo, é agir em acordo com a natureza.

Fora disso, é encrenca na certa.

O surrado dito popular, asas a quem sabe voar, certamente não foi cunhado pensando em ecologia, mas cai como uma luva quando se trata de botar nos trilhos a descarrilhada tecnologia.

Um forte abraço e até sexta que vem.


*Luiz Eduardo Cheida é médico, deputado estadual e presidente da Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Paraná. Foi prefeito de Londrina, Secretário de Estado do Meio Ambiente, membro titular do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) e do Conselho Nacional de Recursos Hídricos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)