Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/05/2009 05:02

Novidade: comunicação de venda de veículo em tempo real

TJMS

Publicado no Diário da Justiça desta segunda-feira (27), o Provimento nº 12 da Corregedoria-Geral de Justiça que institui o Sistema de Comunicação Eletrônica de Venda de Veículos (COMVEN), operacionalizada pela Federação Brasileira de Notários e Registradores (FEBRANOR) e pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), através de suas bases estaduais (DETRAN), com apoio da Associação dos Notários e Registradores (ANOREG-BR e MS).

Na prática, a Corregedoria autorizou a implantação de um sistema que interliga os cartórios de notas em MS e o Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) que permitirá, em tempo real, a comunicação de venda de veículo.

O juiz auxiliar da Corregedoria, Ruy Celso Barbosa Florence, explica que um sistema eletrônico de comunicação de venda de veículos ao Detran a partir do reconhecimento da firma do vendedor pelo cartório em tempo real trará mais segurança às transações. Ele lembrou também que é obrigação do vendedor, em um prazo de 30 dias, encaminhar cópia do comprovante de transferência ao órgão, porém nem todos tem a consciência dessa obrigação.

“No exato momento em que o cartório reconhecer firma no documento de venda do veículo, a venda será comunicada eletronicamente ao Detran, cumprindo-se assim essa obrigação legal do vendedor. E tudo em tempo real. No sistema atual, enquanto o vendedor não comunica a venda ele fica responsável pelas multas e outros encargos que recaírem sobre o veículo até a transferência dele pelo comprador”, completou o juiz auxiliar.

Ruy Celso citou também outros benefícios do novo sistema: garantia ao comprador sobre a autenticidade do veículo adquirido, pois se houver irregularidades como clonagem ou adulteração, o sistema recusará a comunicação; o vendedor recebe imediatamente uma certidão do cartório sobre a comunicação e seu recebimento pelo Departamento de Trânsito.

“Importante esclarecer que os cartórios não serão obrigados a implantar o sistema nem o público a aderir esse facilitador, mas acredito que a maioria vai aderir à novidade, em razão da segurança e da praticidade. Os cartórios não poderão cobrar pelo serviço, mas somente pela certidão que fornecerão sobre a comunicação eletrônica ao Detran. O valor cobrado será o mesmo das certidões de serviços de notas”, complementou o juiz auxiliar.

Autoria do Texto:Departamento de Jornalismo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)