Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/04/2011 07:41

Novelas da Record

Rebeldes

Jonas abre a mochila de Tomás, vê que só tem livros e sabe que foi pego pelos meninos. Franco pergunta a Beth por que ela não disse que estava no Rio e ela não sabe responder. Raul chega e pergunta a Beth quem é o homem que está na porta. Beth não sabe o que responder. Jonas passa as regras para os rebeldes, sabendo que eles estão aprontando alguma. Lupi, Alceu, Dadá e Beatriz esperam João para tomar café e ele aparece com o olho roxo. Lupi pergunta se João apanhou. O adolescente tenta desconversar, mas acaba admitindo que brigou no colégio. Assim que Jonas vai embora, os meninos começam a tirar suas mochilas dos esconderijos. Eles conseguem despistar Jonas. Pedro esquece seu violão e vai com Alice e Diego buscar. Eva tenta ligar para Franco e ele não atende às suas ligações. Eva ofende Luli e ela não gosta. Diego, Alice e Pedro andam escondidos pelo corredor, quase dão de cara com Pilar, mas conseguem escapar. Beth libera Raul por alguns instantes de seu castigo para conversar a sós com Franco. Franco quer saber o que aconteceu com o marido de Beth. Roberta e Tomás oferecem biscoito à Carla, ela recusa e depois aceita com culpa.

Roberta diz à Carla que ela tem anorexia e ela não aceita. Artur e Vitória conversam a respeito de sua nova amizade com Pilar. Artur diz à Vitória que pretende virar diretor e ocupar o lugar de Jonas. Diego, Alice e Pedro se separam. Pedro decide ir buscar o violão sozinho e Diego e Alice saem correndo na direção oposta. Pedro canta alto e para, assustado. Lupi diz a Dadá que pagará um advogado para seu pai se isso o ajudar a parar de beber. Alceu bebe mais uma vez e Dadá fica furiosa. Alice, Roberta, Diego, Tomás e Carla ficam preocupados com a demora de Pedro. Pedro chega acompanhado de Teresa e todos ficam aliviados. Teresa pede para que os rebeldes não saiam da sala e eles obedecem. Os rebeldes acham algo para passar o tempo e esperar a hora do almoço. Teresa chega com carrinho de comida e diz que eles não sairão da sala para comer. Os rebeldes ficam indignados. Os meninos atacam a comida. Alice faz seu prato e Carla diz que não está com fome. Depois de relutar, Carla acaba comendo. A mesa está uma bagunça e ninguém quer limpar. Roberta diz que cada um vai limpar o seu e empurra o carrinho para Alice, que diz que não pode, pois acabou de pintar suas unhas. Roberta e Alice discutem. Pedro intercede e comenta que todos têm problemas em casa e que todos têm que ficar unidos. Os seis conversam a respeito de seus familiares. Carla conta a Alice e a Roberta sobre seu beijo com Tomás. Alice diz à Carla que ela está apaixonada por Tomás, ela nega. Roberta pergunta à Alice sobre Pedro, que fica brava e manda Roberta deixar o menino fora disso. Carla diz à Roberta que, no fundo, ela quer arranjar um namorado. As três meninas começam uma guerra de travesseiro.

Diego, Tomás e Pedro conversam a respeito do beijo que eles deram nas meninas. Todos admitem gostar de tê-las beijado. Genaro vê sua filha deprimida e quer saber o que aconteceu. Cilene diz ao pai que Lupi não dá bola para ela. Genaro fica surpreso com a notícia e decide convidar a família de Lupi para jantar. Cilene fica animada. Jonas vai sair e põe Artur no seu lugar, observando os alunos que estão de castigo. Beth libera Raul do castigo. Os rebeldes voltam para o castigo. Os rebeldes falam \"umas verdades\" para Pilar, que quase chora. Artur chega na sala e os rebeldes ficam surpresos com a presença. Artur passa equações para os rebeldes fazerem, e eles ficam desanimados. Débora leva um bolo de seu pretendente rico. Os rebeldes dão um jeito de não fazer seus exercícios, deixando Artur desesperado. Débora conta a Silvia o que seu pretendente fez com ela na noite anterior. Os seis rebeldes tentam acabar com tédio e começam a cantar e dançar. Pilar chega, fotografa tudo e ameaça contar tudo a seu pai. Eles tentam convencer Pilar de que ela não conseguirá prejudicá-los só com uma foto. Pedro conversa com Pilar e ela dá corda.


Ribeirão do Tempo

Bruno e Célia se preparam, ainda em sua casa, para o jantar com Monsieur Claudel. Nicolau bate à porta e o casal, que já estava de saída, deixa que ele suba até o quarto para ver sua noiva. Karina fica aliviada ao conversar com seu futuro marido. Marta e Cardoso partem para a cena do crime. Claudel chega ao Solar e é bem recebido por todos, exceto por Diana, que fica com ciúmes. Tito vê Filomena e Mateus jantando e aparentemente envolvidos. O dono da pousada se aproxima do piloto de avião e diz que precisam conversar no dia seguinte. Marta e Cardoso chegam à cena do crime.

Da forma como a cena foi montada, deduzem que Nasinho e Virgílio atiraram um no outro. Nicolau, Flores e Karina brindam por mais uma etapa concluída em seus planos. O professor aconselha o Senador a noticiar em seu jornal os homicídios. Durante o jantar com Claudel, Querêncio bebe um pouco além da conta e começa a falar sobre sua suposta missão. Incomodada, Marisa se retira. Lílian vai até a delegacia na tentativa de conseguir informações sobre as mortes. Ajuricaba avisa que não sabe de nada. O delegado recebe uma ligação de Marta. Flores conta para Nicolau que Larissa foi procurá-lo. O professor aconselha o Senador a ir até a redação do jornal para obter novas informações sobre Nasinho e Virgílio. Tito e Filomena discutem no quarto.

Newton chega e avisa o casal que o administrador da pousada foi encontrado morto. Lílian fala para Nicolau sobre os homicídios e o Senador finge consternação. Ele diz que, provavelmente, foi Joca que matou os dois e decide incriminar o detetive com uma manchete de seu jornal. Karina vai até a casa de Zuleide para avisar que Nasinho foi encontrado morto. Marta liga para Arminda e pede que ela conte à Joca sobre os homicídios. Romeu recebe o jornal e mostra as notícias para Léia e Sancha, que ficam apavoradas. Flores chega neste momento. A mãe de Joca se irrita e expulsa o professor de sua casa, dizendo que não acredita mais em suas palavras. Flores vai até Ajuricaba e reforça a denúncia contra o detetive.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)