Cassilândia, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

24/09/2019 17:30

Nove policiais paraguaios são presos por dar proteção ao narcotráfico

Campo Grande News

 

Nove policiais paraguaios foram presos nesta terça-feira (24) acusados de darem proteção para narcotraficantes. Acusados de receber de 200 mil a 400 mil dólares, eles são alvos da Operação Dignidade, comandada pelos promotores Hugo Volpe, Alicia Sapriza, Fabiola Molas, Armando Cantero e Marco Amarilla.

Entre os policiais presos estão agentes com atuação em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande e uma das principais bases do crime organizado instalado no Paraguai.

Os mandados de busca e de prisão foram cumpridos simultaneamente desde as primeiras horas do dia. Equipes da própria Polícia Nacional, do Ministério do Interior e da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) acompanham os promotores.

Detalhes da operação foram divulgados em coletiva de imprensa pelo promotor adjunto da luta contra o narcotráfico Marco Alcaraz e pelos ministros da Senad Arnaldo Giuzzio e do Interior Ernesto Villamayor.

A operação contra os policiais surgiu após apreensões de grandes carregamentos de cocaína. Em janeiro deste ano, 371 quilos da droga foram apreendidos. No mês seguinte, mais 2.200 quilos e mais 378 quilos apreendidos no mês passado, totalizando três toneladas da droga.

Segundo os chefes da operação de hoje, todos os carregamentos pertenciam à mesma quadrilha. Os policiais presos são acusados de receber altas quantias em dinheiro para blindar a quadrilha e dificultar o trabalho de repressão à atividade criminosa.

Os policiais presos são o comissário Edelio Celso Loreiro Garcia, os subcomissários Pedro Molinas e Ruben Dario Duarte Jacket e os policiais Venancio Bolaños Torres, Mario Figueroa Velázquez, Carlos Ever Navarro Morales, Pablo Cesar Morales, Luis Carlos Gomez Santacruz e Sebastian Ramón Silva.

Além de Pedro Juan Caballero, os mandados foram cumpridos na capital Assunción e nas cidades de Puentesinho, Concepción e San Carlos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Outubro de 2019
10:00
Receita do Dia
Quarta, 16 de Outubro de 2019
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)