Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/05/2005 15:45

Nove municípios concentram 25% das riquezas do país

Cristiane Ribeiro / ABr

Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada hoje (3) mostra que menos de 1% dos municípios brasileiros concentram a renda do país. O estudo realizado em 2002 indica que, quando o Produto Interno Bruto (PIB) nacional somou R$ 1,3 trilhão, 25% de todas as riquezas produzidas no país estavam concentradas em apenas nove dos 5.560 municípios. Na liderança do ranking está São Paulo, seguido por Rio de Janeiro, Brasília, Manaus, Belo Horizonte, Duque de Caxias (RJ), Curitiba, Guarulhos (SP) e São José dos Campos (SP).

Em quase todos os municípios, a indústria, principalmente a petrolífera, foi a grande responsável pelo crescimento do PIB. A exceção é Brasília, onde a forte presença da administração pública influencia a economia. Em Manaus, por exemplo, além do recebimento de royalties pelo tráfego de gás natural oriundo do poço de Urucu, houve o crescimento da Zona Franca. Em Guarulhos, o destaque foi o aumento da fabricação de máquinas, aparelhos elétricos, automóveis, materiais plásticos e borracha. São José dos Campos foi beneficiada pelo aumento expressivo das exportações de aviões fabricados pela Embraer. E a participação de Duque de Caxias vem crescendo desde 1999 por conta do refino de petróleo.

No outro extremo, os municípios de menor PIB são Parari (PB), Lavanderia (TO), São Miguel da Baixa Grande (PI), Santo Antônio dos Milagres (PI) e São Feliz do Tocantins (TO). Juntos, eles representam 0,001% da produção nacional.

Em relação ao PIB per capita - que é a soma de tudo o que é produzido no município dividido pelo número de habitantes - a pesquisa revela que o setor petrolífero foi responsável pela elevação da produção nos dez municípios brasileiros de maior PIB per capita. O maior crescimento foi registrado em Macaé (RJ) por causa dos royalties recebidos com a extração de petróleo e gás natural.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)