Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/07/2009 14:13

Nota à imprensa do Ministério Público

MP.MS

Nota à imprensa

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul e os Promotores de Justiça que
acompanham as investigações da “OPERAÇÃO OWARI”, diante de algumas notícias veiculadas
nos meios de comunicação, vem a público esclarecer, que as provas carreadas pela
Polícia
Federal sustentam-se não apenas em escutas telefônicas, mas em provas documentais,
monitoramentos e ações controladas, realizadas com admirável competência, com
autorização da Justiça e amparo da Lei 9.034/95, formando um farto conjunto de
evidências que não foram levadas a público porque atualmente se encontram sob sigilo.

O MPE conta com uma equipe de Promotores de Justiça altamente capacitados para atuação
no caso, contando com o assessoramento do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão
ao Crime Organizado), que aguarda a conclusão dos trabalhos da Polícia Federal, para
adoção das medidas cíveis e criminais cabíveis.

Por entender que somente com o trabalho independente da mídia na apuração e divulgação
de fatos será possível garantir ao povo o direito à verdade, mormente por tratar-se de
fatos que envolvem agentes públicos, o MPE é contra qualquer medida que vise cercear ou
interferir na livre manifestação de pensamento exercida através da imprensa.

Por fim, a Procuradoria-Geral de Justiça esclarece que o relaxamento das prisões
efetuadas em nada interfere na conclusão dos trabalhos com a efetiva punição
judicial de
todos os envolvidos, prestando incondicional apoio aos Promotores atuantes no caso, na
certeza da efetivação da justiça.

MIGUEL VIEIRA DA SILVA
Procurador-Geral de Justiça

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)