Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/01/2014 12:38

No site "Adote um Cara", é só escolher um homem e colocar no carrinho

Ângela Kempfer, Campo Grande News
No site Adote um Cara, é só escolher um homem e colocar no carrinho

 

Uma loja onde o que está em oferta são pessoas dispostas a engatar uma paquera virtual, com 52 mulheres concorrendo a 26 homens aqui de Mato Grosso do Sul, por enquanto. No “Adote um Cara”, criado na França, é só escolher quem lhe apetece e colocar no carrinho.

A diversão começa pela leitura. Todos os caras são apresentados como produtos, com direito a promoções como a “Semana dos intelectuais”, “Liquidação de sarados” ou “Edição limitada de gaúchos”. Hoje, por exemplo, estamos na “Semana dos Morenos”, com 168 exemplares disponíveis. “No supermercado de encontros, as mulheres fazem bons negócios”, resumem os administradores na página de “regras”.

Quando aparece algum “material novo” vai parar na seção “Novidades”. Também há a seção de “100% Orgânicos” e a promoção “Dobradinha Maluca – Leve um hipster e ganhe um óculos”. A propaganda é de loja 24 horas aberta e entrega rápida.

Já são 50 mil homens cadastrados no Brasil, incluindo gente de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Nova Andradina e Antônio João.

Como uma grande brincadeira, a relação comercial fica só na gozação. Os homens não precisam pagar nada para entrar na prateleira e as mulheres também enchem o carrinho de graça. Ao fazer a "aquisição", a "consumidora" abre o canal de comunicação entre eles e a paquera começa com quantas o dito cujo desejar.

É possível filtrar a busca por “Produtos Regionais”, idade, ou preencher uma lista de desejos informando os tipos procurados que podem ser sertanejos, playboys, intelectuais, morenos, esportistas, geeks e até andrógenos. Entre as especificações que garantem a compatibilidade, há perguntas como a tolerância delas em relação ao cigarro e a bebida.

Aqui em Campo Grande, rapaz de 23 anos, que se identifica como Rafa, é um dos mais concorridos. Ele se apresenta como baladeiro e já recebeu 184 visitas, 111 e-mails e está no carrinho de 16 meninas.

“Ao se inscrever, os caras preenchem uma ficha de produto e se colocam na prateleira. A partir deste momento, eles devem esperar pacientemente que uma cliente os coloque no carrinho para poder começar o bate-papo. Antes disso, eles não podem enviar nenhum recado para elas. Uma vez no carrinho, o cara pode, então, escrever à cliente”, explica o site.

O sujeito só pode se comunicar com uma mulher se ela adicioná-lo aos contatos. No entanto, ele pode chamar sua atenção “jogando um charme”, como os cutucões no Facebook.

Assim como no aplicativo Lulu, há uma avaliação dos homens. O cálculo da popularidade depende do número de visitas no seu perfil, do número de contatos e de recados trocados. Quem se retirar do carrinho de uma cliente, por exemplo, perde pontos. As mulheres também distribuem estrelas, para melhorar o ranking.

Os gays são vetados do sistema. “É uma rede social para encontros de homens e mulheres exclusivamente. Uma versão para homossexuais está atualmente em estudo”, explica o site.

O serviço é gratuito no Brasil, ao contrário de outros países onde o site já soma 70 milhões de usuários. O Adote um Cara pode ser acessado pelo celular, mas ainda não está disponível no formato de aplicativo.

No momento da publicação desta reportagem, a contagem de recados trocados superava os 2,8 milhões aqui no Brasil.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)