Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/08/2012 21:19

No Paraná, professores de universidades federais decidem manter greve

Fernando César Oliveira, Agência Brasil

Curitiba – Em assembleias realizadas hoje (7), professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) decidiram dar continuidade à greve da categoria, iniciada no dia 17 de maio.

Dos quase 200 professores que participaram da assembleia na UFPR, um votou pelo fim da greve. Na UTFPR, de 93 professores presentes, dois votaram pelo retorno ao trabalho.

Na última sexta-feira (3), a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) aceitou a proposta do governo, que prevê reajustes de 25% a 40% até 2015. O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) rejeitou a oferta.

\"O Proifes representa apenas 5% da nossa base nacional. Até ontem, 27 universidades já tinham decidido continuar em greve, sendo três delas da base do Proifes. Apenas duas optaram pelo fim do movimento\", disse Luis Allan Künzle, presidente da Associação dos Professores da UFPR, em entrevista à Agência Brasil. \"O governo quis criar um impasse mas, nessa queda-de-braço, ainda será obrigado a nos receber e continuar negociando.\"

Os professores da UFPR também aprovaram uma recomendação para que o comando nacional de greve da categoria comece a discutir a possibilidade de suspender os calendários dos vestibulares das universidades federais.

Künzle disse que a categoria pretende formular uma contraproposta ao governo federal. \"Já temos alguma discussão pela flexibilização de nossa pauta e apresentaríamos uma contraproposta, se o governo nos recebesse\", disse o dirigente sindical. \"A falta de negociação tende a radicalizar o nosso movimento.\"

Edição: Fábio Massalli

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)