Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/09/2016 20:53

No 10º dia de greve, bancos e funcionários seguem longe de acordo

Nyelder Rodrigues, Campo Grande News

Terminou novamente sem acordo a reunião entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). O encontro aconteceu em São Paulo (SP) nesta quinta-feira (15) e foi encerrada no início da noite. A greve dos bancários completou hoje 10 dias e não tem previsão para acabar.

Esta foi a oitava reunião entre representantes de funcionários e patrões, que pela terceira vez seguida apresentaram proposta de reajuste de 7% e abono de R$ 3,3 mil, valores considerados insatisfatórios pelos bancários.

A categoria quer um reajuste de 14,78%, índice calculado para repor a inflação de 9,78% e também dar ganho real de salário de 5%. Além disso, é pedido atendimento a propostas referentes às condições de trabalho, ignorados pelos patrões.

Os bancários querem criar dispositivos de combate a imposição de metas abusivas de trabalho e ao assédio moral, além do fim das demissões, ampliação das contratações e redução das terceirizações. Outro pedido é para que seja oferecido mais segurança nas agências bancárias e também auxílio educação para os funcionários.

Greve em Campo Grande - Nesta quinta-feira, 136 unidades bancárias não abriram as portas em Campo Grande e região, conforme dados da Seeb-CG (Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região). O número representa 85% do total de agências destes locais.

"É inadmissível que o setor mais lucrativo desse país trate com tanto descaso os seus funcionários, com uma proposta rebaixada de reajuste e nenhum avanço na questão do emprego, saúde, condições de trabalho, igualdade de oportunidades e segurança", reclama o presidente do sindicato, Edvaldo Barros.

A promessa é que já nesta sexta-feira (16) e na próxima semana, o movimento seja intensificado. Em todo o país, a greve já alcança 12.608 agências e 49 centros administrativos. "Exigimos respeito dos banqueiros aos trabalhadores, clientes e demais usuários de bancos", frisa Edvaldo. Não foi divulgado quando ocorrerá a próxima rodada de negociação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)