Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/05/2009 07:42

Nelson Valente: Porta de escolas:supermercado do tóxico.

(*)Nelson Valente

Há muitos anos que se denuncia a existência de um supermercado do tóxico na porta das nossas escolas. Baleiros de aparência inocente, muitas vezes, não passam de terríveis traficantes, induzindo os jovens ao vício de triste conseqüência. De uma feita, numa importante escola da zona sul de São Paulo, de cuja direção eu fazia parte, recebi a denúncia de que determinado aluno do ensino médio saía sistematicamente às quintas-feiras, por volta das 10 horas, pretextando doença. Voltava para a porta da escola, em torno de 12 horas, para cumprir o seu triste papel de "avião", trazendo a mercadoria para os seus clientes. É claro que ele foi expulso. Quantos casos desses não estarão acontecendo diariamente em nossos estabelecimentos de ensino? Os pais precisam ser alertados de que devem acompanhar de perto as atividades dos filhos adolescentes. A liberdade excessiva pode conduzir a descaminhos perigosos e até fatais. Existe uma lei antitóxico. Por ela é possível condenar o uso de substância entorpecente ou que determine dependência física ou química. Há medidas de prevenção e repressão ao tráfico ilícito, mas nada substitui a ação de pais e professores, no esclarecimento a respeito do que há de nefasto no uso de tais substâncias. Nas grandes cidades brasileiras, vidas são sacrificadas por balas perdidas, o tráfico tornou-se uma atividade quase oficial, tamanha a estrutura hoje existente do que se convencionou chamar de crime organizado. Armas são roubadas para coonestar uma ação que se estende de forma tentacular. Qual a solução para esse quadro dramático? O exercício pleno da autoridade, que se tem omitido de forma lamentável, e uma ampla campanha de esclarecimento nas escolas. De outra forma, estaremos caminhando para o sacrifício de toda uma geração.

(*) é professor universitário, jornalista e escritor



O Cassilândianews não se responsabiliza por artigos e opiniões com autoria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)