Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/01/2007 06:14

Negado recurso contra extradição dos pastores de igreja

Marli Moreira/ABr

O desembargador Ubiratan de Arruda, da 9a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, negou ontem (18) a revogação do pedido de extradição de Estevam e Sônia Hernandes, fundadores da igreja evangélica Renascer em Cristo. Eles continuam detidos em Miami (EUA), sob custódia das autoridades americanas.

Em seu parecer, o desembargador afirma que “quando se tratar de indivíduo reclamado pela Justiça brasileira e refugiado em país estrangeiro, o pedido de extradição deverá ser transmitido ao Ministério da Justiça para ser analisado e ,caso seja julgado procedente, será encaminhado ao Ministério das Relações Exteriores para as providências”.

Por meio de nota divulgada à imprensa, Arruda complementa que a “legalidade e procedência da solicitação de extradição, em última análise, é de competência do Estado estrangeiro".

A solicitação para anulação do processo de extradição foi feita na terça-feira (16) pelo advogado Luiz Flávio Borges D’Urso, sob o argumento de que a medida é ilegal. Em sua justificativa, D'Urso aponta que no tratado de extradição firmado entre o Brasil e os Estados Unidos não há referência sobre o crime pelo qual seus clientes são acusados, de lavagem de dinheiro.

A mesma alegação foi dada por ele em recurso que encaminhou hoje (18) ao Ministério da Justiça, onde já chegou o processo da 1ª Vara Criminal com o parecer favorável à extradição, que havia sido solicitada pelo Ministério Público de São Paulo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)