Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/10/2009 19:12

Na reserva, Madson nega ter problemas com Luxemburgo

Rodrigo Martins - Santos (SP) - Gazeta Esportiva

Jogador que mais atuou pelo Santos na temporada, 58 vezes, o meia Madson vive um momento diferente no clube, em relação ao início do ano, quando chegou e logo se tornou um dos destaques da equipe. Sem conseguir mostrar o mesmo futebol do primeiro semestre, o 'baixinho' é constantemente cobrado pelo técnico Wanderley Luxemburgo nos treinamentos e, ultimamente, tem ficado apenas como opção do treinador, no banco de reservas.

"Eu tento fazer aquilo que ele me pede. Mas o Wanderley é um cara que pensa muito em estratégia. Se é em casa, ele joga para cima, se é fora, um pouco mais cauteloso e aí ele pode pensar: 'vou deixar o baixinho no banco para pegar o adversário mais cansado'", disse Madson, em entrevista à Rádio Cultura.

Evitando polemizar, o meia rechaçou por completo a possibilidade de qualquer problema envolvendo ele e Luxemburgo, que justificasse a opção do comandante por colocá-lo na reserva.

"Não vejo dessa forma. Eu tento me dar bem com todo mundo. Não sou diferente com ninguém. Converso com ele tanto fora quanto dentro de campo. Fora (do gramado) ele conversa, brinca. Ele é gente boa. Dentro de campo o Wanderley é sério e profissional. Ele quer que você faça aquilo que ele quer, porque ele sabe que é para o seu bem. Não vejo esse pensamento de que ele não se dá bem comigo. Apenas vejo como uma opção dele me colocar no banco ou como titular", ponderou.

Madson concluiu dizendo que pretende treinar ainda mais para convencer Wanderley Luxemburgo a lhe dar uma nova oportunidade no time titular. "Sempre quero jogar, ser titular, estar bem. Só que o Wanderley é o técnico e se ele entende que eu não devo ser titular, é um direito que ele tem, como comandante do grupo. O que me resta é trabalhar. Tenho que me dedicar nos treinos para quando for chamado, estar pronto para ajudar a equipe. Tenho que tentar agradá-lo durante os treinamentos para que ele me coloque para jogar", encerrou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)