Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

19/04/2014 08:02

Mulheres que nunca pensaram em ser modelo estreiam em editorial plus size

Campo Grande News
Paula Hill é professora e agora modelo. (Fotos: Divulgação/Laine Alcantara)Paula Hill é professora e agora modelo. (Fotos: Divulgação/Laine Alcantara)

Sem muitas candidatas, a própria Ana Paula resolveu encarar o desafio. “A gente é linda com peitão e quadril largo”, justifica. A princípio, foi complicado imaginar o corpo exposto, depois de tantas vezes ser escondido para disfarçar as gordurinhas com roupas largas. “Será que vão me chamar de gorda?”, era a questão recorrente, admite Ana.

Mas as fotos vingaram, com as primeiras postagens, a página ganhou mil visualizações orgânicas, e todo mundo comemorou. “É bom pra autoestima”, comenta.

Paula Hill além de professora de inglês, também é cantora, então, problemas com inibição nunca existiram. Ela sempre foi gordinha. Na infância era magra, e depois dos dez anos começou a ganhar peso e hoje tem um estilo próprio, usando as curvas completamente a seu favor.

Ana Paula teve a ideia que deu certoAna Paula teve a ideia que deu certo

Sobre a possibilidade comentários negativos, a nova modelo plus size diz que nem pensou nisso quando foi convidada a fotografar. “Sou a favor da saúde em primeiro lugar. Se está tudo certo, não tenho motivo pra ficar encanada com peso”.

As fotos foram feitas em um restaurante e em um bar da cidade e as próprias modelos escolheram os looks para posar.

As curvas são mais avantajadas e fora do “padrão” estabelecido pelo mercado convencional da moda. Mas agora, as campo-grandenses Paula Hill, de 28 anos, e Ana Paula Ostapenko, de 32, são modelos, as beldades de um editorial de moda plus size.

Elas nunca pensaram em algo do tipo, já que uma é professora e a outra redatora em uma empresa de Mídias Sociais. Até que Ana Paula teve a ideia, como administrar das redes sociais da loja Donnatê, que fica na Rua das Garças.

Depois de analisar o perfil da empresa, que também trabalha com modelos plus size, ela sugeriu desmistificar a ideia recorrente de corpo perfeito aliado á moda e procurou pessoas comuns, dispostas a aparacer. “Queríamos mostrar que a loja vende roupa para gente normal, não para um cabide. A sacada foi mostrar a beleza real”, conta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)