Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/04/2006 18:44

Mulheres criticam criação de vagão exclusivo em trens

Aline Beckstein/ABr

A lei estadual que cria vagões exclusivos para mulheres nas composições de trens e no metrô, em vigor desde hoje, foi criticada pela Articulação de Mulheres Brasileiras. A entidade reúne mais de 200 organizações não-governamentais e associações de mulheres de todos os estados do Brasil.

Segundo a coordenadora da Articulação no Rio, Rogéria Peixinho, a lei promove a segregação e parte de uma premissa retrógrada: "Separar homens e mulheres é como voltar atrás na luta feminina que sempre buscou a igualdade e a convivência entre os gêneros. Parece o tempo da minha avó, quando se achava melhor separar meninos e meninas até mesmo na escola".

Outro temor que ela manifestou é o de que as mulheres venham a ser ainda mais desrespeitadas por conta na nova lei: "Há apenas um vagão para as mulheres. No horário do rush, se elas forem buscar outros vagões poderão acabar molestadas e ser alvo de deboche".

Na SuperVia, responsável pelos trens urbanos, os vagões exclusivos são o primeiro ou o último da composição, dependendo do local da plataforma em que o usuário estiver. Já no metrô, o vagão feminino será sempre o segundo carro no sentido Zona Sul e o penúltimo no sentido Zona Norte.

Para Rogéria Peixinho, o trabalho deveria ser no sentido de garantir a segurança das mulheres. Ela defendeu a realização de "campanhas de conscientização ao respeito nos meios de transporte, inclusive ônibus". E a fiscalização: "Hoje, se uma mulher é molestada num transporte público ela não ter a que recorrer. Não existem seguranças em trens ou no metrô".

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades, o Rio de Janeiro é o único estado brasileiro a adotar a separação de vagões em trens e metrô. A lei é de autoria do deputado estadual, Jorge Picciani (PMDB).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)