Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/12/2004 14:49

MS:BID vai implantar piloto do Programa Dekassegui

Contexto Assessoria

Mato Grosso do Sul será um dos quatro estados do País em que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em parceria com a Associação Brasileira Dekassegui (ABD) e o Sebrae Nacional vai implantar um programa de orientação empresarial voltado para os dekasseguis (descendentes de japoneses nascidos no Brasil que vão trabalhar no país do sol nascente e depois retornam para investir o capital economizado).

A garantia foi dada pelo assessor-adjunto da Assessoria de Assuntos Internacionais do Sebrae Nacional, Getúlio Vaz, que junto com uma missão técnica que contava ainda com representantes do BID e da ABD, esteve em Campo Grande entre os dias 7 e 9 de dezembro. Integraram a missão, o especialista do Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin) do BID, Cláudio Cortellese, o representante do Fumin/BID no Brasil, Gerardo Martinez Freyssinier, o consultor da ABD, Kiyoharu Miike e o consultor contratado do BID, Carlos Aquino.

Em Campo Grande os membros da missão conheceram o Programa Dekassegui do Sebrae/MS, que já oferece essa assessoria aos dekasseguis de Mato Grosso do Sul e que poderá servir de referência para o novo programa e também outros projetos da entidade voltados para a orientação empresarial, como o Nascer Bem e o Geonegócios.

Esses programas, junto com outros da área de fomento ao empreendedorismo do Sebrae Nacional como o Iniciando um Pequeno Grande Negócio (IPGN) e o Apreender a Empreender, poderão, segundo Getúlio, ser incorporados ao leque de opções do novo programa.

Durante o período em que estiveram na cidade, os integrantes da missão também conversaram com dekasseguis, lideranças de entidades nipo-brasileiras e de instituições financeiras e ainda fizeram visitas as instalações atuais da Feira Central, próxima a Avenida Mato Grosso, onde existe grande número de descentes de japoneses, alguns, já com a experiência de ter trabalhado no Japão e ter retornado ao Brasil. A missão verificou também as futuras instalações da Feira, na Rua 14 de Julho, ao lado da antiga estação ferroviária, e conheceu ainda incubadoras de empresas da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e Região do Pantanal (Uniderp) e da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

O objetivo das reuniões e das visitas foi fazer um diagnóstico preciso da situação que leva o dekassegui a sair do País, da realidade que ele encontra no Japão e também dos problemas que vai enfrentar em seu retorno ao Brasil.

Nessa série de reuniões o especialista do Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin) do BID, Cláudio Cortellese e o representante do Fumin/BID no Brasil, Gerardo Martinez Freyssinier, explicaram que o foco do programa é a orientação empresarial, que não está sendo estudada a criação de linhas de crédito ou financiamento para os dekasseguis, e que a instituição com a iniciativa tem uma preocupação redobrada em não fomentar a emigração para o Japão.

“O que chamou a atenção para o problema foi o volume de recursos que os dekasseguis enviam para o Brasil todos os anos, cerca de US$ 5 bilhões, e como esse capital na maioria das vezes é perdido no País, em razão da falta de orientação dessas pessoas. É com o objetivo de aplicar recursos do Fumin, um dos poucos fundos do BID que é de capital não reembolsável e que pode ser aplicado em ações envolvendo a iniciativa privada, em um programa de orientação é que estamos nos propondo a trabalhar”.

Segundo dados do governo japonês existem trabalhando no país, aproximadamente 268 mil brasileiros, que remetem anualmente para o Brasil pelas vias oficiais (Banco Central) e extra-oficiais US$ 5 bilhões. Mato Grosso do Sul responde por 5% dessa população de dekasseguis, o que representa 13,4 mil pessoas e uma remessa anual para o Estado de US$ 100 milhões.

Acompanharam a missão durante sua visita a Campo Grande o diretor superintendente do Sebrae/MS, Vagner Simone Martins, o diretor técnico, Cláudio George Mendonça, o coordenador estadual do Programa Dekassegui da entidade, Maki Lanzarini e o consultor responsável pela implementação da iniciativa no Estado, Múcio Yoshinori.

Logo depois de encerrada a visita, a missão esteve em São Paulo, onde os integrantes reuniram-se com o novo presidente do Sebrae Nacional, Paulo Okamotto, e nesta semana visitam o Pará, onde farão um diagnóstico semelhante ao executado em Mato Grosso do Sul.

A meta, conforme adiantou o assessor-adjunto da Assessoria de Assuntos Internacionais do Sebrae Nacional é formatar o projeto do Programa Dekassegui até 15 de janeiro de 2005, para então submetê-lo a todos os parceiros da iniciativa, e promover o lançamento oficial durante a reunião anual das Assembléias de Governadores do BID, que será realizada entre os dias 10 e 12 de abril em Okinawa, no Japão.

Além do Estado o piloto será implementado no Pará, Paraná e em São Paulo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)