Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/04/2012 17:08

MS: vacinação contra H1N1 começa dia 5

Campo Grande News/ Nadyenka Castro

Começa no próximo dia 5 a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Segundo o Ministério da Saúde, até o dia 25 de maio a meta é imunizar 80% do público-alvo de 30,1 milhões de pessoas no Brasil.

Em Mato Grosso do Sul, conforme dados do Ministério, o público alvo é de 426.995 pessoas e a meta é vacinar 341.596. Para atingir o objetivo, foram entregues ao Estado 469.700 doses e repassados R$ 373.807, 49.

Estes recursos serão usados para custear a infraestrutura das campanhas, a aquisição de seringas e agulhas, o deslocamento das equipes e o material informativo distribuído.

Cerca de 240 mil profissionais do SUS (Sistema Único de Saúde) estarão envolvidos na ação, que também contará com 27 mil veículos. O público alvo da campanha é: idosos, gestantes, crianças entre seis meses e dois anos de idade, profissionais de saúde e indígenas.

No primeiro dia da Campanha acontecerá o Dia D de mobilização nacional, com postos funcionando das 8h às 17h. O principal objetivo da imunização é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações que ocorrem em consequência das infecções pelo vírus da influenza nesta parcela da população.

Em 2011, quando foram incluídos gestantes, crianças e indígenas no público-alvo, houve redução de 64,1% nas mortes por agravamento da gripe H1N1 – foram 53 óbitos, contra 148 no ano anterior.

Já o número de casos graves notificados teve redução de 44% - de 9.383 para 5.230. A campanha imunizou 25,134 milhões de pessoas – 84,1% do público total de 29,918 milhões.

Vacina - A vacina protege contra os três principais vírus que circulam no hemisfério Sul, entre eles o da influenza A (H1N1), como recomenda a OMS (Organização Mundial da Saúde).

“A vacinação é a consolidação da proteção dos novos grupos incluídos no ano passado. A vacina se destina a proteger os públicos mais vulneráveis, para evitar a forma mais grave e os óbitos”, explicou Jardes Barbosa, secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, durante solenidade de lançamento da Campanha, nesta terça-feira, em Brasília.

Das doses distribuídas neste ano, 96% foram produzidas no Brasil. “Isso é fruto da transferência de tecnologia e a capacitação dos nossos laboratórios públicos para que o Brasil seja cada vez mais soberano na produção das vacinas e ser tornar um polo de exportação”, disse Alexandre Padilha, ministro da Saúde, na cerimônia.

Como a vacina deste ano tem a mesma composição da distribuída em 2011, pais e responsáveis devem estar atentos para a vacinação de crianças de seis meses e dois anos de idade.

As que tomaram a vacina no ano passado devem tomar apenas uma dose neste ano. Já as que se vacinarão pela primeira vez precisam receber duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas.

De acordo com Padilha, “no Brasil, a adesão à campanha é consistente porque as pessoas reconhecem a imunização como algo que pode melhorar a sua qualidade de vida”.

Reação- A vacina não é recomendável para quem tem alergia à proteína do ovo – usada na sua fabricação – ou para quem teve reações adversas a doses anteriores.

Em casos de doenças agudas e febris ou de pacientes com doenças neurológicas, é aconselhavél a busca de avaliação médica. Quem pretende doar sangue deve aguardar 48 horas após a dose para realizar a doação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)