Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/09/2006 14:01

MS teve 140 casos de leishmaniose e 14 mortes este ano

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Mato Grosso do Sul registrou este ano 140 casos de leishmaniose e 40 mortes, segundo dados do Sinan (Sistema de Informações de Agravos de Notificação), repassados hoje pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Ocorreram casos em 25 municípios, com as maiores incidências em Campo Grande (93 casos confirmados/ 6 óbitos), Três Lagoas (17 casos confirmados/6 óbitos) e Anastácio (8 casos confirmados, sem óbitos).

A SES apresentou relatório sobre as ações contra a doença, cujas ações de prevenção se concentram no controle do vetor, o mosquito Flebótomo, além de aperfeiçoamento do diagnóstico da doença, já que quanto mais cedo o tratamento maiores as chances de sucesso. A SES alerta que para conter a Leishmaniose é preciso dar destino adequado ao lixo e manter limpo os terrenos baldios. Segundo o Secretário de Saúde Matias Gonsales Soares, “para garantir o êxito desta Campanha de Educação Sanitária é preciso antes de tudo esclarecer a população dos riscos, da gravidade da doença e formas de prevenção, com auxílio dos meios de comunicação. No ano passado 25 mortes ocorreram em função da doença no Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)