Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/08/2005 16:04

MS recolhe 53% mais embalagens de agrotóxicos

Famasul Notícias

O volume de embalagens de agrotóxicos entregue em Mato Grosso do Sul cresceu 53% nos primeiros sete meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Pelas nove centrais espalhadas pelo Estado passaram de 406 toneladas recolhidas em 2004, para 621 toneladas neste ano.

No País o volume também foi recorde. Entre janeiro e julho de 2005 já foram recicladas ou incineradas 10.728 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas, número 21% maior do que o alcançado no mesmo período do ano anterior.

Nos primeiros sete meses de 2005 foram recicladas 9.470 toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos e outras 1.258 toneladas foram incineradas. O total de 10.728 toneladas processadas pelo sistema de destinação final até dia 30 de junho indica um crescimento de 21% em relação ao mesmo período de 2004, quando foram registradas (entre janeiro e julho) 8.875 toneladas. Apenas em julho foram devolvidas, em todo o País, 1.557 toneladas de embalagens.

O Estado que mais destina embalagens vazias de agrotóxicos, o Paraná encaminhou para destino final, até julho de 2005, 2.356 toneladas (13,7% a mais do que no mesmo período de 2004, quando foram processadas 2.073 t). Os agricultores do Mato Grosso, segundo Estado em devolução de embalagens, destinaram 2.231 toneladas de embalagens (14% a mais que o volume registrado no ano anterior: 1.961 toneladas).

Destino

Nos últimos 12 meses (junho de 2004 a julho de 2005), 15.787 toneladas de embalagens já tiveram o correto destino final. As embalagens recebidas podem ter dois destinos finais: reciclagem ou incineração. Atualmente existem 16 artefatos produzidos através do material destas embalagens, como conduíte, cordas, embalagem para óleo lubrificante, madeira plástica, barricas de papelão, economizadores de concreto entre outros.

O programa de destinação final de embalagens vazias de defensivos agrícolas é gerido pelo inpEV, Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias.

Autor:
Correio do Estado - Rural

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)